QUADRANGULAR

Confira quem o Santa Cruz pode enfrentar do grupo B na segunda fase da Série C

Com a vitória por 2 a 0 sobre o Vila Nova-GO, o Tricolor garantiu a classificação antecipada para o quadrangular final

LOURENÇO GADÊLHA
LOURENÇO GADÊLHA
Publicado em 09/11/2020 às 17:19
Notícia

Reprodução/Twitter
Brusque é o líder do grupo B com 27 pontos - FOTO: Reprodução/Twitter
Leitura:

Na liderança do grupo A com 33 pontos, o Santa Cruz já está garantido na próxima fase do Campeonato Brasileiro da Série C. Além disso, o Tricolor pode garantir a primeira colocação já na próxima rodada, caso vença o duelo contra o vice-líder Remo fora de casa. Neste contexto favorável, o time comandado pelo técnico Marcelo Martelotte pode, inclusive, iniciar a preparação para o quadrangular final de forma antecipada, onde vai enfrentar dois adversários do grupo B e dois do seu próprio grupo.

No novo regulamento da competição, ficou definido que a classificação para a Série B seria definida em dois quadrangulares. O chaveamento 1 será composto pelo líder do grupo A; o 2º do grupo B; 3º lugar do grupo A; 4º lugar do grupo B. Já o quadrangular 2 terá 1º lugar do grupo B; 2º lugar do grupo A; 3º lugar do grupo B; 4º lugar do grupo A. O melhor de cada quadrangular segue para a final e os segundos colocados sobem para a Série B, junto com os finalistas. Assim, o único mata-mata a ser disputado será para definir o campeão.

GRUPO B

O Brusque-SC é o líder do grupo B com 27 pontos em 13 jogos. Mesmo com uma oscilação nas últimas rodadas, quando perdeu um jogo e empatou outro, o time segue como a maior força do grupo. O clube catarinense tem uma partida a menos que os demais adversários, por isso, tem a chance de ampliar ainda mais a vantagem na liderança caso vença o lanterna Boa Esporte nesta segunda-feira. Nas 13 oportunidades que entrou em campo, o Brusque venceu oito, empatou três e perdeu duas partidas, totalizando um aproveitamento de 69.2%. O desempenho é inferior apenas ao próprio Santa Cruz, que tem 78,6% de aproveitamento até aqui.

 

Na segunda colocação, o Ypiranga-RS segue na cola do líder com 24 pontos em 14 jogos, somados em sete vitórias, três empates e quatro derrotas. O desempenho aponta para um aproveitamento de 57,1%. Entretanto, na última rodada, o clube acabou derrotado para o Tombense em confronto direto de dois integrantes do G-4. Mesmo com o tropeço, o Ypiranga-RS ainda manteve a vice-liderança, mas pode ser ultrapassado caso volte a perder na próxima rodada. Um dos destaques do time, o atacante Fernandinho é o artilheiro da Série C com sete gols marcados.

 

Em franca ascensão na Série C, o Tombense não perde uma partida há oito jogos. A última derrota foi na 6ª rodada, quando foi batido pelo Brusque por 1 a 0. De lá para cá, foram cinco vitórias e dois empates, com direito a triunfo sobre o Ypiranga-SC que é um concorrente direto na briga pela vaga à próxima fase. No geral, o time tem 22 pontos em 14 jogos, com seis vitórias, quatro empates e quatro derrotas, totalizando um aproveitamento de 52,4%. O destaque do time é o centroavante Rubens, que é vice artilheiro da competição com seis gols marcados. Além dele, o Tombense ainda tem como um dos pilares da equipe o meia Ibson, com passagens por Sport, Flamengo e Corinthians.

Quem fecha o G-4 momentaneamente é o Londrina, que foi ultrapassado pelo Tombense depois de perder para o São Bento na última rodada. Com isso, o time caiu para a quarta colocação, onde tem 21 pontos em 14 jogos somados em seis vitórias, três empates e cinco derrotas. O aproveitamento até aqui é de 50%. Além de ter perdido para o time paulista na rodada anterior, o Londrina também tropeçou contra o lanterna Boa Esporte, quando empatou por 0 a 0 na 13ª rodada. Para se manter na zona de classificação, o clube paranaense terá uma pedreira na próxima rodada, quando for enfrentar o líder Brusque neste sábado. Veja o gol do São Bento contra o Londrina no vídeo abaixo, produzido pelo canal de streaming Dazn.

Na cola do Londrina e do G-4 vem o Ituano. Vindo de duas vitórias nos últimos dois jogos, o rubro-negro aposta na força do interior paulista para buscar à classificação para a próxima fase. E não está muito distante, tendo em vista que o clube tem 20 pontos em 14 jogos. Ou seja, está apenas um ponto atrás do quarto colocado. Na competição, foram cinco vitórias, cinco empates e quatro derrotas, com um aproveitamento de 47,6%. Na próxima, terá um confronto importantíssimo, já que vai encarar o Criciúma, que está na sexta colocação. Em caso de vitória e um empate ou derrota do Londrina, a equipe paulista entra no G-4. Veja os melhores momentos de São José x Ituano em vídeo produzido pelo canal de streaming Danz.


Um pouco distante, mas ainda na disputa por uma vaga no quadrangular final, o Criciúma se encontra em 6º lugar, com 17 pontos em 14 jogos. Foram quatro vitórias, cinco empates e cinco derrotas, totalizando um aproveitamento de 40,5%. O tradicional clube catarinense é comandado pelo técnico Itamar Schulle, que iniciou a Série C no Santa Cruz, mas acabou pedindo para deixar o clube alegando uma proposta da Série B que não se concretizou posteriormente. Na atual situação, o Criciúma está a quatro pontos do quarto colocado, o Londrina. Por isso, um triunfo na próxima rodada diante do Ituano é fundamental para definir suas pretensões na competição.

Correndo por fora, o São José-RS ainda sonha com uma possível classificação. Com 16 pontos em 14 jogos, o time está na sétima colocação. Na competição, foram quatro vitórias, quatro empates e seis derrotas, com um aproveitamento de 38,1%. Para chegar ao quadrangular final, portanto, o clube gaúcho precisa melhorar consideravelmente o desempenho na Série C. E a chance pode ser já na próxima rodada, quando vai enfrentar o lanterna Boa Esporte fora de casa. As equipes se enfrentam na próxima segunda-feira (16), em Varginha.

 

Mais próximo da zona de rebaixamento do que do G-4, o Volta Redonda vem de uma sequência extremamente negativa. Isso porque o Voltaço não sabe o que é vencer na Série C há 10 rodadas. A última vitórias foi contra o São José-RS, ainda na quarta rodada. De lá para cá, acumulou cinco derrotas e cinco empates, que resultou numa queda brusca na tabela. No geral, são 15 pontos em 14 jogos, com três vitórias, seis empates e cinco derrotas, e um aproveitamento de 35,7%. No momento, a briga do time carioca é mais para se afastar da zona de rebaixamento do que almejar uma possível classificação à próxima fase.

Com pouquíssimas chances de classificação, São Bento e Boa Esporte se encontram na zona de rebaixamento. Com altos e baixos na competição, o time paulista ainda luta pela sobrevivência, enquanto o time de Varginha caminha a passos largos para a queda à Série D. Na competição, o São Bento tem 12 pontos em 10 jogos, com duas vitórias, seis empates e nove derrotas, totalizando um aproveitamento de 28,6%. Além disso, ainda teve que lidar com uma crise de covid-19 no elenco, quando chegou, inclusive, a utilizar um goleiro improvisado na linha.

Já o Boa Esporte está na lanterna, com 10 pontos em 13 jogos - o time fecha a 13ª rodada nesta segunda-feira diante do Brusque. No geral, foram 10 pontos somados em 13 partidas, com apenas uma vitória, sete empates e cinco derrotas, que totalizou 25,6% de aproveitamento. Em caso de vitória, pode recolocar o São Bento na última colocação.

PODCAST

O Na Cara do Gol desta semana, podcast sobre o futebol pernambucano da Rádio Jornal, faz uma análise dos últimos resultados de Sport, Náutico e Santa Cruz no Campeonato Brasileiro. O programa é transmitido ao vivo toda segunda-feira, no canal da Rádio Jornal no YouTube. Neste episódio, participam Alexandre Costa e João Victor Amorim (ambos da Rádio Jornal), Lilian Fonsêca (TV Jornal) e Marcos Leandro (Jornal do Commercio).

Seja um assinante JC.

Assine o JC com planos a partir de R$ 1,90 e tenha acesso ilimitado a todo o conteúdo do jc.com.br, à edição digital do JC Impresso e ao JC Clube, nosso clube de vantagens e descontos que conta com dezenas de parceiros.

Assine o JC

Comentários

Últimas notícias