Leão

Técnico do Sport: ''Jogador de futebol não é uma máquina''

Daniel Paulista destacou a necessidade de priorizar a saúde da população em meio ao novo coronavírus e um tempo de preparação para os jogadores antes do retorno das partidas

Davi Saboya
Davi Saboya
Publicado em 29/03/2020 às 20:55
Notícia
ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Daniel Paulista tem seis jogos no comando do Sport: duas vitórias, dois empates e duas derrotas - FOTO: ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Leitura:

Em meio ao novo coronavírus, o técnico Daniel Paulista frisou que a prioridade do momento na sociedade precisa ser os cuidados para o fim da pandemia que paralisou a maioria das atividades da sociedade e deixou o planeta em crise. Porém, nesse período sem futebol, ele destacou que é necessário pensar em um espaço no calendário do futebol para os jogadores realizarem uma espécie de nova pré-temporada antes do retorno das partidas. Em entrevista exclusiva ao Jornal do Commercio e Blog do Torcedor, o treinador rubro-negro ainda ressaltou os atletas irão precisar de cuidados especiais se o período de isolamento durar mais de um mês.

"Eu torço para que o mais rápido possível as coisas voltem ao normal. O momento agora necessita que se pense na saúde das pessoas, cuidados com os que mais precisam e deixar a parte profissional para depois. Devido ao tempo que será preciso para superar essa pandemia, o calendário vai ficar apertado. Algumas decisões terão que ser tomadas", afirmou o comandante do Leão.

"É necessário um tempo de preparação para retorno dos jogos. Jogador de futebol não é uma máquina. Como todo atleta profissional precisa de tempo. Não é simples. Vamos voltar e a cada três dias ter jogo. Isso está fora do contexto. Esse período tem que ser respeitado. Acredito que no momento certo, no momento oportuno, as pessoas competentes irão tomar a decisão correta", completou.

LEIA MAIS

Sem futebol, redes sociais do Náutico, Santa Cruz e Sport ganham mais interatividade

Maiores artilheiros preteridos em eleições de Sport e Santa Cruz; Náutico lembra de três

Técnico do Sport, Daniel Paulista mostra preocupação com coronavírus: ''Torcendo para que menos vidas sejam comprometidas''

Diretor de futebol do Sport anuncia saída do clube rubro-negro

Zagueiro do Sport, Rafael Thyere contrata empresa especializada para orientar treinos em casa durante quarentena

Questionado sobre a continuidade do Estadual e Nordestão após a paralisação, Daniel Paulista preferiu não tomar um posicionamento no momento. O técnico explicou que a pandemia ainda está no início e não é possível realizar nenhum planejamento. Bastante preocupado com a saúde das pessoas, não escondeu que torce para que o coronavírus faça cada vez menos vítimas.

"Qualquer decisão agora é prematura. Paramos há pouco mais de dez dias, tudo ainda é muito inicial. Torço para que primeiro o problema do coronavírus seja superado com o menor número de pessoas afetadas. Depois vamos pensar em Estadual, Copa do Nordeste e Campeonato Brasileiro. Qualquer decisão agora é fora de contexto ou sem nenhum dado ou fundamento", disse o treinador rubro-negro.

FÉRIAS COLETIVAS

O Sport concedeu férias para todos os jogadores, membros da comissão técnico e demais funcionários do departamento. Inicialmente, 20 dias a partir de 1º de abril (quarta-feira). Os demais dez dias também podem ser dados no próximo mês. Tudo vai depender do que os clubes irão decidir na nova reunião do Conselho Nacional de Clubes (CNC) que acontece no próximo dia 15.

O presidente leonino Milton Bivar já deixou claro que vai negociar com os atletas uma redução salarial para o período de paralisação. Uma das teses defendidas pelo mandatário é que os direitos de imagem não sejam pagos. Na visão dele, sem os jogos, os times não estão utilizando os jogadores.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias