VIOLÊNCIA

Após ser torturada, jovem sequestrada em Pernambuco é resgatada de cativeiro em Alagoas

Policiais dos dois estados foram acionados e conseguiram localizar o cativeiro

JC
JC
Publicado em 13/01/2021 às 8:37
Notícia

DIEGO NIGRO/ACERVO JC IMAGEM
Segundo as investigações, os suspeitos torturaram a jovem e enviaram vídeos para o namorado dela - FOTO: DIEGO NIGRO/ACERVO JC IMAGEM
Leitura:

Com informações do repórter Elthon Amado, da TV Jornal, e da Polícia Civil de Alagoas

Uma jovem de 24 anos sequestrada em Ibimibirim, no Sertão de Pernambuco, no domingo (10), foi encontrada pela polícia no município de Arapiraca, em Alagoas, nessa terça-feira (12). De acordo com a corporação, ela chegou a ser torturada no cativeiro. Três suspeitos foram presos pelos crimes, dois homens de 25 e 20 anos e uma mulher de 27.

As buscas na cidade foram iniciadas a partir de informações repassadas pela Polícia Civil de Pernambuco a agentes de Arapiraca. Por volta das 14h, os policiais localizaram um veículo gol prata, mesmo carro utilizado no sequestro em Pernambuco.

A jovem teria sido sequestrada por causa de uma dívida por tráfico de drogas do namorado, e os criminosos teriam enviado para ele vídeos das torturas, exigindo ainda R$ 15 mil para o resgate. Nas imagens, a vítima aparecia sendo torturada dentro do carro encontrado.

Após encontrar o veículo, os policiais identificaram uma casa e fizeram um cerco no local. Três pessoas foram presas no imóvel, mas a vítima não foi encontrada. Também não houve colaboração dos presos em falar onde seria o cativeiro.

A jovem foi achada após troca de informações entre agências de inteligência das polícias civis de Pernambuco, Alagoas e Santa Catarina. Ela estava no loteamento Real, na rua Marinita Gomes, bairro Batingas, no interior de um imóvel em um cômodo escuro, amarrada, com várias lesões pelo corpo e em estado de choque.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada até o local, e a vítima foi levada para o hospital de emergência do Agreste, onde foi atendida. Após alta médica, foi encaminhada até a Central de Polícia de Arapiraca e ouvida pelo delegado Filipe Caldas.

Efetivo

A operação de resgate foi realizada pelas policias Civil e Militar de Alagoas, de Pernambuco e de Santa Catarina, e foi coordenada pelos delegados Filipe Caldas, da Delegacia de Homicídios de Arapiraca (DH), Guilherme Iustem, da 4ª Delegacia Regional de Polícia de Arapiraca, e Gustavo Xavier, da 7° Delegacia Regional de Polícia de Penedo.

A ação foi acompanhada pelo secretário de Segurança Pública de Alagoas, Alfredo Gaspar, o delegado-geral da Polícia Civil, Paulo Cerqueira, e o gerente de Polícia Judiciária da Região 3, delegado Mário Jorge Barros, todos de Alagoas.

Comentários

Últimas notícias