FISCALIZAÇÃO

Bares em Porto de Galinhas são autuados após Procon-PE identificar irregularidades

Segundo o órgão, os estabelecimentos comerciais não respeitaram protocolos de segurança para evitar a disseminação da covid-19

Rute Arruda
Rute Arruda
Publicado em 16/02/2021 às 21:55
Notícia
DIVULGAÇÃO/PROCON-PE
Além das autuações, a cozinha de um dos bares foi interditada pela Vigilância Sanitária - FOTO: DIVULGAÇÃO/PROCON-PE
Leitura:

Dois bares localizados em Porto de Galinhas, no município de Ipojuca, Litoral Sul de Pernambuco, foram interditados após o Procon Pernambuco identificar irregularidades no cumprimento das medidas para evitar a disseminação da covid-19. A fiscalização, juntamente com a Polícia Militar e Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária (Apevisa), aconteceu nesta terça-feira (16).

>> Com Carnaval 2021 cancelado, Procon Pernambuco encerra festa clandestina, interdita e notifica bares e restaurantes

>> Procon flagra festa clandestina e interdita Marina no Grande Recife

Segundo o Procon-PE, o Bar do Nenem e o Itaoca não respeitavam o distanciamento entre as mesas e estavam com mais de dez pessoas. No Bar do Nenem, ainda, de acordo com o órgão, havia clientes circulando sem máscara, item obrigatório em todo o Estado. Além disso, a cozinha do Itaoca foi interditada pela Vigilância Sanitária por descumprimentos na área de higiene, informou o Procon.

"A maioria dos estabelecimentos e consumidores vêm se adequando. Mas em razão dos que insistem em colocar a vida das pessoas em risco, descomprimido os protocolos, continuaremos com as fiscalizações sem data para cessar", comentou o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico.
Carnaval.

>> Procon interdita bar em Camaragibe durante fiscalização

As fiscalizações contaram também com agentes da Polícia Militar e da Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária (Apevisa). Desde o início da pandemia, em março de 2020, Procon-PE já fiscalizou 471 bares e restaurantes e interditou 31.

Comentários

Últimas notícias