ALIMENTAÇÃO

Preço da cesta básica sobe 1,45% no Grande Recife, diz pesquisa do Procon Pernambuco

Cebola e carne de segunda são os produtos que mais subiram de preço

Vanessa Moura
Vanessa Moura
Publicado em 17/02/2021 às 9:31
Notícia
DAY SANTOS/JC IMAGEM
Alimentos desaceleraram, dando vez às altas da energia e combustível - FOTO: DAY SANTOS/JC IMAGEM
Leitura:

Uma pesquisa realizada pelo Procon Pernambuco entre os dias 2 e 6 de fevereiro revelou que a cesta básica no Grande Recife teve um aumento de 1,45% neste mês, passando de R$ 516, em janeiro, para R$ 523,86. O estudo passou por 22 estabelecimentos nos municípios de Recife, Olinda, Paulista, Camaragibe, Jaboatão dos Guararapes, Cabo de Santo Agostinho e Ipojuca. A análise dos preços foi feita em 27 itens, entre alimentação, limpeza doméstica e higiene pessoal.

Dentre 27 produtos pesquisados, 13 tiveram alta. O quilo da cebola e da carne de segunda, por exemplo, subiu de R$ 4,55 para R$ 5,99 (aumento de 31,65%) e R$ 29,99 para R$ 34,90 (aumento de 16,37%), respectivamente. O quilo do alho, por sua vez, teve uma queda de 131,62% no preço, passando de R$ 59,99 para R$ 25,90.

Durante a pesquisa, foi constatado também que de um estabelecimento para o outro há uma grande diferença nos preços. O preço da batata inglesa, por exemplo, de um estabelecimento para outro teve uma diferença percentual de 104,91%. Já o absorvente higiênico pode ser encontrado por R$ 1,49 e R$ 6,29, uma diferença de 322,15%.

A pesquisa do Procon pode ser acessada pelo consumidor através do site do órgão. Lá, é possível identificar o preço de cada item por estabelecimento, além do endereço dos locais onde o produto encontra-se mais acessível. 


Comentários

Últimas notícias