VACINA

Prefeitura do Recife exporta tecnologia de cadastro de vacinação para Maceió

A Prefeitura do Recife, além de ceder o sistema Recife Vacina à Prefeitura de Maceió, também vai realizar o treinamento das equipes técnicas, através da Emprel, para a operacionalização do sistema

Mirella Araújo
Mirella Araújo
Publicado em 14/04/2021 às 16:28
Notícia
 Rodolfo Loepert / PCR
Em reunião online com o prefeito de Maceió, João Henrique Caldas, o prefeito do Recife, João Campos, anunciou que o sistema do Conecta Recife será utilizado pela gestão da capital alagoana para a vacinação contra a Covid-19 - FOTO: Rodolfo Loepert / PCR
Leitura:

O prefeito do Recife, João Campos, se reuniu virtualmente nesta quarta-feira (14), com o prefeito de Maceió, João Henrique Caldas, para formalizarem a cessão da utilização do sistema Recife Vacina para cadastramento e agendamento da população para a imunização contra a covid-19. Os gestores assinaram um convênio de mútua cooperação técnica entre as prefeituras e a Empresa Municipal de Informática (Emprel). A reunião também contou com a participação do secretário Executivo de Transformação Digital, Rafael Figueiredo, e do presidente da Emprel, Bernardo D’Almeida.

Através do Recife Vacina, sistema que fica dentro do Conecta Recife, é possível realizar o cadastro e o agendamento dos grupos elegíveis, além de fazer uma gestão no controle do estoque e demanda dos imunizantes, evitando, por exemplo, o desperdício de doses, a suspensão do serviço, aglomeração e filas nos centros de vacinação. “Em janeiro, a gente tomou a decisão de fazer a vacinação digital, de forma ousada e não sabíamos qual seria o resultado. Mas tivemos uma dedicação muito grande da equipe e deu muito certo. A ajuda nas decisões de aberturas de novos grupos é uma das decisões possíveis a partir do sistema, porque se sabe exatamente quantas pessoas serão vacinadas num determinado local, num determinado horário”, explicou João Campos. “Fico muito feliz que a primeira cidade com quem a gente vai firmar essa parceria ser a nossa vizinha, amiga e irmã Maceió”, acrescentou.

>>João Campos chega a 100 dias de gestão tentando imprimir a sua marca no Recife

>> Confira análise de candidatos derrotados sobre os 100 primeiros dias de gestão de João Campos (PSB) no Recife

A Prefeitura do Recife, além de ceder o sistema Recife Vacina à Prefeitura de Maceió, também vai realizar o treinamento das equipes técnicas, através da Emprel, para a operacionalização do sistema. “Nossa cidade só tem a ganhar com a chegada de ferramentas e instrumentos que vão ajudar a gente a planejar a vacina, oferecer aos nossos cidadãos serviços com uma qualidade ainda melhor e poder fazer tudo isso na palma da mão. A gente sabe que Recife é referência e você tem dado um ritmo ainda mais acelerado em relação à transformação digital”, destacou João Henrique Caldas.

O sistema de vacinação presente no aplicativo Conecta Recife, já havia sido colocado a disposição  para outros municípios que optassem por organizar os seus processos de vacinação de forma digital, desde o dia 30 de março, quando João Campos tomou posse como vice-presidente de Relações Institucionais do Consórcio Conectar - instituído pela Frente Nacional de Prefeitos, com objetivo de promover a aquisição das doses das vacinas pelos municípios brasileiros.

 

 

 

VACINAÇÃO 

O Recife já iniciou a vacinação de idosos a partir  de 62 anos; trabalhadores da saúde, ativos, de qualquer área, a partir de 50 anos e trabalhadores da Atenção Básica do município. Além deles, os trabalhadores da saúde que atuam em UTIs (adulto, pediatria, neonatalogia, coronária e oncologia), setores de quimioterapia (ambulatorial e hospitalar), segmentos hospitalares de cardiologia, vascular e neurologia (enfermaria e diagnóstico), Terapia Renal Substitutiva (hemodiálise), maternidades (centro obstétrico, berçário, alojamento conjunto, centro de parto normal, diagnóstico e farmácia) e setores hospitalares de endoscopia, broncoscopia e imagem.

 Além deles, os que atuam em policlínicas municipais; nas Vigilâncias epidemiológica, sanitária, ambiental e do trabalhador também estão recebendo a vacina. O município também está imunizando funcionários do sistema funerário que tenham contato com cadáveres potencialmente contaminados; trabalhadores de saúde lotados em hospitais do município, cirurgiões dentistas e os estudantes da área de saúde que atuam na linha de frente da covid-19 (UTI e enfermaria covid) e nos serviços de urgência e emergência.

 

Comentários

Últimas notícias