SUSPEITO

Suspeito de matar menino de 7 anos no Grande Recife é apreendido em Santa Catarina

Mateus da Silva foi encontrado morto no dia 21 de outubro em um matagal em Chã de Cruz

JC
JC
Publicado em 04/11/2021 às 11:27
Day Santos/JC IMAGEM
Cortejo foi até o Cemitério de Pirassirica na Zona Rural de Paudalho - FOTO: Day Santos/JC IMAGEM
Leitura:

Um adolescente de 17 anos foi apreendido em Santa Catarina, no sul do País, suspeito de matar o pequeno Mateus da Silva, de 7 anos, que foi encontrado morto no dia 21 de outubro em Chã de Cruz, em um matagal próximo ao limite de Abreu e Lima, no Grande Recife. 

LEIA MAIS

Corpo encontrado em área de mata no Grande Recife é de menino de 7 anos que estava desaparecido

A apreensão do adolescente foi uma ação conjunta da Polícia Civil de Pernambuco e da Polícia Civil de Santa Catarina, e ele está recolhido em uma unidade para menores infratores catarinense. De acordo com as investigações, o suspeito teria fugido logo após cometer o crime.

A apreensão acontece logo após a mãe do menino Mateus, Maria José, ter cobrado maior empenho da polícia na investigação do caso. Em entrevista à TV Jornal nessa quarta-feira (3), ela pediu justiça. "A polícia está investigando, mas até agora nada, quero que a polícia corra atrás. Peço justiça", revelou, na ocasião. 

Em nota, a Polícia Civil de Pernambuco informou que não divulgará mais informações sobre o caso para a imprensa para não atrapalhar as diligências que ainda seguem. 

O caso

Mateus da Silva, de 7 anos, estava desaparecido desde a tarde do dia 19 de outubro, após sair do colégio, localizado no município de Paudalho. O corpo dele foi encontrado na noite do dia 21 em Chã de Cruz, próximo ao limite com Abreu e Lima, e o reconhecimento foi feito no início da tarde do dia 22, no Instituto de Medicina Legal (IML), pela mãe da criança. 

>> Corpo de criança é encontrado em mata no Grande Recife e pode ser de menino que estava desaparecido

A criança tinha sido vista pela última vez às 15h30 de terça-feira, sozinha, descalça e vestindo apenas uma bermuda. Alguns vizinhos acreditam que o garoto tenha se perdido e ido em direção a uma mata da região, próximo à residência do avô. Mas a mãe contestou a informação, afirmando que o garoto era acostumado a brincar na mata e conhecia todos os caminhos.

Day Santos/JC IMAGEM
Corpo de Matheus Silva, de 7 anos, foi encontrado por cães farejadores em uma a´rea de mata, em Chã de Cruz, no limite com Abreu e Lima - Day Santos/JC IMAGEM
Day Santos/JC IMAGEM
Matheus estudava na mesma escola desde o ensino infantil e atualmente estava no primeiro ano - Day Santos/JC IMAGEM
Day Santos/JC IMAGEM
Cortejo foi até o Cemitério de Pirassirica na Zona Rural de Paudalho - Day Santos/JC IMAGEM
Day Santos/JC IMAGEM
Durante a despedida, o sentimento de todos era de tristeza e revolta - Day Santos/JC IMAGEM

Na ocasião, a Polícia Civil afirmou estar investigando o caso. "A Polícia Civil está investigando uma morte a esclarecer, ocorrida na noite do dia 21, em Chã de Cruz, Camaragibe. A vítima, um menino de 7 anos de idade, foi encontrada numa região de mata fechada. Ele estava desaparecido há pelo menos dois dias, conforma boletim de registro de ocorrência. As investigações seguirão por meio da Delegacia de Camaragibe até a completa elucidação do ocorrido". 

O velório de Mateus aconteceu na tarde do dia 22 de outubro, no município de Paudalho, na Zona da Mata Norte do Estado. Na ocasião, um carro com o corpo do menino foi acompanhado por dois ônibus que levaram amigos e familiares da criança até o Cemitério de Pirassarica, onde houve o enterro. Na despedida, o sentimento de todos era de sofrimento e revolta.

"Parece que eu estou em um pesadelo, um filme de terror. Eu quero justiça. Como é que uma criança vai sumir assim de repente? É muita maldade, muita maldade mesmo, foi gente ruim, gente que não tem amor ao próximo, que veio pra fazer a minha família sofrer", disse a mãe do menino, dona Maria José, que era consolada a todo momento e pedia justiça. 

O município de Paudalho decretou luto oficial de três dias pelo falecimento do menino. "A prematura perda de sua vida comove toda a sociedade paudalhense e provoca os sentimentos de solidariedade, dor e saudade e também de repúdio mediante as tristes circunstâncias. Neste momento de profundo pesar, a Administração Pública Municipal expressa as mais sinceras condolências aos familiares e amigos da criança", disse a Prefeitura em nota. 

Comentários

Últimas notícias