eleições 2020

Candidato a prefeito de Paulista, Alemão pretende construir 10 creches

O candidato republicano também prometeu que vai reduzir o preço da passagem de ônibus junto ao governo do Estado

Alice Albuquerque
Alice Albuquerque
Publicado em 16/10/2020 às 19:43
Notícia

LUCAS ROCHA/JC IMAGEM
NOME Alemão é candidato à Prefeitura de Paulista pelo Republicanos - FOTO: LUCAS ROCHA/JC IMAGEM
Leitura:

Arte: JC
Eleições 2020 - Arte: JC

Atualizada às 18h10 do dia 17 de outubro de 2020

Em sabatina da Rádio Jornal nesta sexta-feira (16), com os candidatos à Prefeitura de Paulista, o candidato a prefeito de Paulista, Alemão (Republicanos), afirmou que vai construir 10 creches espalhadas nos bairros do município.

As entrevistas estão sendo realizadas no Balanço de Notícias e serão comandadas pelos apresentadores do programa Wagner Gomes e Felipe Vieira e um jornalista do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação.

>> Acompanhe a cobertura das Eleições 2020 do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação

Questionado sobre como seria o processo do projeto de construção, ação e reforma das creches que está disposto no plano de governo, o candidato problematizou que a cidade tem 23 bairros, mas apenas três creches. "Precisamos construir mais creches, principalmente nas comunidades menos favorecidas. Os pais devem ir trabalhar e saber onde deixaram seus filhos. Temos 23 bairros e pretendemos construir 10 creches. Também vamos informatizar, para que os pais passem a acompanhar a real situação dos filhos. Fazer um pai participativo, que acompanhe a merenda", explicou.

Durante a sabatina, Alemão afirmou ser contra a criação de uma política de vales ou bolsas para que alunos da rede municipal de ensino estudem na rede particular. "Não quero criar vale, eu quero dar qualidade de vida aos nossos munícipes, às nossas crianças e aos nossos jovens", afirmou. No entanto, seguindo as ideias existentes no seu próprio programa de governo, o candidato mostrou-se inclinado a implementar outras formas de integração entre escolas públicas e privadas, caso venha a ser eleito. "Essa privatização de acompanhar os alunos que tenham desempenho é importantíssima. Faz com que o nosso aluno seja destaque. Na educação não vai ser diferente. Vivemos no País em que existe a desigualdade, e nos próximos quatro anos vamos caminhar para isso, não é de uma hora para a outra. Vamos fazer uma prefeitura diferente. As pessoas vão encontrar o avanço no dia a dia", prometeu.

PREVIDÊNCIA

Atuando como vereador, o candidato disse ter votado contrário ao projeto que pretendia unir os fundos previdenciários no município. "Temos dois fundos na cidade; o previdenciário e o descapitalizado. O descapitalizado, com porte de R$ 3,5 milhões mensalmente para a prefeitura pagar aos aposentados, e foi passado na Câmara Federal que estão descontando 14% dos aposentados e pensionistas, isso vai contribuir muito. Com esses descontos, o aposentado e pensionista vai capitalizar, sair da negatividade e conseguir se equalizar", afirmou

SEGURANÇA PÚBLICA

Já para a segurança pública, a proposta do republicano é fomentar o esporte e a cultura no município, e usou sua experiência de vida como exemplo. "Eu tinha 90% de chance para ser um marginal e escolhi os 10% para ser um cidadão. Saí para praticar esporte e comecei a entender que a vida negativa a gente só consegue combater com esporte e cultura, e temos muito isso na nossa cidade. Temos muitos profissionais para combater a criminalidade. Às vezes, o criminoso não teve a oportunidade. Não precisa combater violência com violência".

De acordo com alemão, o problema da segurança pública se resolve com prevenção. "Precisamos fazer a prevenção com profissionalizantes. Qualificar nossos jovens com escola técnica. É importante para a cidade e Região Metropolitana. Não vemos esse compromisso do gestor, nem preocupado com a nossa população".

Sobre a Guarda Municipal, o candidato disse que é necessário fazer a condução da qualificação destes profissionais, e não revogaria o armamento, "deixaria como está".

SANEAMENTO BÁSICO

Questionado sobre a cobertura do saneamento no município, Alemão ressaltou que pretende conversar com a Compesa para sanear os bairros que não têm saneamento e, caso a empresa não se responsabilize, "vamos privatizar". "Alguns bairros foram planejados, mas outros não são contemplados com saneamento básico. Precisamos chamar o órgão competente e saber se ela vai se responsabilizar ou não. Se não for, vamos privatizar o esgoto. Não adianta calçar uma rua e não sanear. Não vou dar condições de vida e nem melhorar a saúde da população. O que mais vejo, é gestor calçando rua e não saneando. Será um paliativo, já que vou ter gasto na saúde porque o esgoto está a céu aberto".

CORRUPÇÃO

Como vereador e o papel de fiscalizar o Executivo, Alemão pontuou ter feito o trabalho se forma correta e disse que ajudou a afastar o atual prefeito Júnior Matuto (PSB) com as Operações Chorume e Locatário. O candidato garantiu, "no meu governo isso não vai acontecer", com relação a corrupção, que vem sendo denunciada na cidade. "No meu colo, no meu governo, isso (corrupção) não vai cair. Na minha cidade, eu combati a corrupção. Estou vereador, e das operações que tiveram investigação, fui eu quem representei os órgãos competentes, que chegou a afastar o prefeito. Tanto combati, que não vou deixar a minha cidade passar por isso novamente. Vou governar com o meu próprio povo", ressaltou.

>> Polícia Civil cumpre mandados em Paulista, Recife e Olinda em operações que miram fraude em licitações

ORLA

A proposta para a orla é fazer uma engorda da areia com a contenção do mar para montar três equipamentos ao longo dos 14 quilômetros. "Uma quadra poliesportiva, ciclovia, um ponto que atenda aos turistas, que ele seja assistido corretamente. Queremos montar a casa do turista em três pontos diferenciados, e fazer um investimento corretamente na orla. Vamos buscar parcerias no governo federal".

CONSÓRCIO RECIFE

O transporte público foi a área que o republicano pontuou que pretende dar mais atenção, caso eleito. Ele também prometeu reduzir o preço da passagem de ônibus. "Precisamos reduzir o gasto que temos na cidade, principalmente no transporte público, que é o mais caro. O cidadão paulistense não pode se empregar no Recife, porque é vale B. Iremos chamar a Grande Recife e ver de que forma vamos fazer essa parceria, mas tenho compromisso e vou assumi-lo com a população da cidade. Irei reduzir a passagem (de ônibus). Lutei tanto como vereador, não vai ser diferente lutar como prefeito, porque vou ter a representação de chefe do Executivo, que ordena as despesas".

Arte: JC
Eleições 2020 - FOTO:Arte: JC

Seja um assinante JC.

Assine o JC com planos a partir de R$ 1,90 e tenha acesso ilimitado a todo o conteúdo do jc.com.br, à edição digital do JC Impresso e ao JC Clube, nosso clube de vantagens e descontos que conta com dezenas de parceiros.

Assine o JC

Comentários

Últimas notícias