COMISSÃO PARLAMENTAR

'Presidência do Senado ainda definirá data de instalação da CPI da Covid', diz Pacheco

O presidente da Casa garantiu que irá viabilizar o funcionamento da investigação após o STF confirmar a determinação para início dos trabalhos

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo
Publicado em 14/04/2021 às 23:02
Notícia
WALDEMIR BARRETO/AGÊNCIA SENADO
"Daremos todos os instrumentos necessários para o funcionamento da CPI", afirmou Pacheco - FOTO: WALDEMIR BARRETO/AGÊNCIA SENADO
Leitura:

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), afirmou que ainda definirá a data de instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da covid-19, mas garantiu que vai viabilizar o funcionamento da investigação, após o Supremo Tribunal Federal (STF) confirmar a determinação para início dos trabalhos.

"Daremos todos os instrumentos necessários para o funcionamento da CPI", afirmou Pacheco na noite desta quarta-feira (14) no Senado. O presidente da Casa reforçou que a reunião de instalação da comissão para eleição do presidente, escolha do relator e aprovação do cronograma de trabalho, será presencial. A partir daí, os procedimentos presenciais e virtuais dependerão dos membros da CPI.

A comissão terá um prazo de 90 dias para concluir os trabalhos. Esse período, porém, pode ser prorrogado por decisão de Pacheco. O Palácio do Planalto tenta adiar o máximo a investigação, temendo prejuízo político para o presidente Jair Bolsonaro. Membros da comissão, porém, avaliam que a comissão vai funcionar de qualquer forma, mesmo que algumas etapas fiquem para depois.

Comentários

Últimas notícias