troca de comando

Quem é Adolfo Sachsida, novo ministro de Minas e Energia após Bolsonaro exonerar Bento Albuquerque

Exoneração de Bento Albuquerque foi publicada nesta quarta-feira (11) no Diário Oficial da União

Ana Maria Miranda
Cadastrado por
Ana Maria Miranda
Publicado em 11/05/2022 às 7:50 | Atualizado em 11/05/2022 às 7:52
Reprodução/Facebook
Novo ministro de Minas e Energia, Adolfo Sachsida, e presidente Jair Bolsonaro - FOTO: Reprodução/Facebook
Leitura:

O presidente da República, Jair Bolsonaro, nomeou Adolfo Sachsida como novo ministro de Minas e Energia, após exonerar Bento Albuquerque. A troca de comando da pasta foi publicada nesta quarta-feira (11) no Diário Oficial da União.

Bento Albuquerque foi exonerado "a pedido". A saída do cargo vem após constantes críticas de Bolsonaro à política de preços da Petrobras, estatal ligada ao ministério. Na segunda (9), a Petrobras anunciou um reajuste no preço do diesel.

Para assumir o ministério, Adolfo Sachsida foi exonerado do cargo que ocupava anteriormente no governo, desde 2 de fevereiro: chefe da Assessoria Especial de Assuntos Estratégicos do Ministério da Economia. Antes, foi secretário de Política Econômica da pasta, desde o início do governo.

De acordo com informações disponíveis no site do governo federal, Adolfo Sachsida tem doutorado em Economia pela Universidade de Brasília (UnB), e pós-doutorado pela Universidade do Alabama, nos Estados Unidos. Ele ainda lecionou na Universidade do Texas.

Sachsida é advogado e tem estudos na área de Direito Tributário. É ainda técnico de Planejamento e Pesquisa da Carreira Pública pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

Com experiência em macroeconomia, o novo ministro de Minas e Energia é autor de publicações sobre política econômica, monetária e fiscal, avaliação de políticas públicas e tributação.

Comentários

Últimas notícias