Eleições 2022

Raquel Lyra se pronuncia sobre desistência de Doria: ''merece nosso respeito''

A pré-candidata a governadora de Pernambuco relembrou quando Doria esteve em Caruaru, enquanto ele disputava as prévias no PSDB

Mirella Araújo
Cadastrado por
Mirella Araújo
Publicado em 23/05/2022 às 15:14 | Atualizado em 23/05/2022 às 15:23
DIVULGAÇÃO / EQUIPE JOÃO DORIA
Doria e Raquel Lyra quando ele visitou Caruaru na campanha das prévias tucanas. Raquel apoiava Eduardo Leite, mas recebeu o ex-governador. - FOTO: DIVULGAÇÃO / EQUIPE JOÃO DORIA
Leitura:

Pré-candidata a governadora de Pernambuco e presidente estadual do PSDB, a ex-prefeita de Caruaru Raquel Lyra, se limitou a dizer que o ex-governador de São Paulo, João Doria, "é um quadro qualificado" do partido e que sua decisão teria sido tomada de forma "amadurecida e feita no interesse do País, da busca do entendimento". O pronunciamento por nota da dirigente tucana, ocorre após Doria oficializar, nesta segunda-feira (23), a desistência da sua pré-candidatura à presidente da República. 

"O ex-governador de São Paulo, João Dória, é um quadro qualificado de nosso partido e que merece todo o nosso respeito. Tive o prazer de recebê-lo em Caruaru há alguns meses para conversarmos sobre o Brasil e Pernambuco. A decisão dele, tenho certeza, foi amadurecida e feita no interesse do País, da busca do entendimento", declarou Raquel. 

Apesar de o ex-governador de São Paulo ter vencido as prévias do partido, em novembro do ano passado,  sendo indicado para concorrer às eleições presidenciais deste ano, Raquel Lyra sempre evitou associar sua imagem ao correligionário - durante o processo de escolha, ela apoiou o ex-governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite.

Sempre que questionada, sobre quem era o candidato a presidente que receberia o seu apoio, a dirigente tucana apontava que era necessário esperar uma decisão do bloco formado pelo PSDB, MDB e Cidadania de apresentar um nome que pudesse representar o grupo. Novamente essa escolha em conjunto voltou a ser citado pela pré-candidata a governadora. 

"Agora, vamos avançar na escolha de um nome que represente um projeto liderado por PSDB, MDB, Cidadania e demais partidos que porventura venham compor o nosso conjunto. De minha parte, continuarei a andar Pernambuco e a debater o nosso Estado ao lado da população e de lideranças de todas as regiões", finaliza Raquel Lyra. 

ESPÍRITO COLETIVO

O deputado federal e  vice-presidente nacional do Cidadania, Daniel Coelho, também se pronunciou sobre a desistência de João Doria do pleito presidencial. Segundo o parlamentar, o ex-governador de São Paulo demonstra "grandeza e espírito coletivo" ao tomar esta decisão

"(Dória) governou bem São Paulo. Foi um líder no processo de vacinação contra a covid-19. Mas foi na decisão política que saiu fortalecido, ao demonstrar grandeza e espírito coletivo. Parabéns pela serena decisão", afirmou Daniel em postagem numa rede social, nesta segunda-feira (23).

Daniel Coelho tem participado das rodadas de conversa que articulam a definição de um nome que represente a chamada terceira via para disputar o Palácio do Planalto. Desde a semana passada, o vice-presidente do Cidadania pedia publicamente que Dória desistisse da disputa, já que pesquisa interna encomendada por MDB, Cidadania e PSDB estaria indicando alta rejeição do tucano.

Comentários

Últimas notícias