INVESTIGAÇÃO

Polícia encontra rota de fuga no apartamento de Luiz Carlos; ator foi encontrado morto

Ator, famoso pelo trabalho em 'Carinha de anjo', foi encontrado morto no seu apartamento

Augusto Tenório
Augusto Tenório
Publicado em 17/09/2021 às 21:17
Notícia
Divulgação
Luiz tinha 42 anos - FOTO: Divulgação
Leitura:

Foi encontrada, pela Polícia Civil de São Paulo, uma possível rota de fuga no apartamento de Luiz Carlos Araújo. A informação foi passada pelo delegado Roberto Monteiro ao UOL. O ator, conhecido pelo seu trabalho na novela Carinha de anjo (SBT), foi encontrado morto no imóvel no dia 11 de setembro.

Como conta o portal, Luiz Carlos Araújo vivia num apartamento com a sacada baixa e próxima a um muro. Dessa forma, seria possível uma pessoa deixar o imóvel através dessa rota, evitando a portaria do condomínio.

A investigação identificou o namorado do ator, que deve depor em breve. A identificação foi possível após a investigação ouvir pessoas relacionadas ao artista e, também, porque o rapaz era recebido como visitante no condomínio. O namoro seria recente.

Polícia investiga morte de Luiz Carlos Araújo

Segue um mistério a morte de Luiz Carlos Araújo, encontrado morto no seu apartamento no último sábado (11). A polícia agora investiga o ocorrido com o artista, conhecido por fazer parte de produções como a novela Carinha de anjo (SBT).

De acordo com informações do IG, a polícia encontrou o ator deitado na sua cama, com um saco na cabeça. A porta do local estava trancada pelo lado de dentro. A morte é tratada como caso suspeito e as autoridades esperam que as câmeras do imóvel ajudem a solucionar o ocorrido.

Luiz Carlos Araújo passou dias sem falar com os amigos e, quando seu celular parou de receber ligações, uma amiga conversou com colegas, que foram ao apartamento do ator acompanhadas de um policial e um chaveiro.

A morte do ator foi uma surpresa para amigos e colegas, que lamentaram nas redes sociais a partida do artista, que tinha 43 anos. Ele morava na República, bairro central de São Paulo.

Comentários

Últimas notícias