LGBTQIA+

Assim como Linn da Quebrada, conheça outras artistas travestis que devem ser chamadas de "ela"

Linn da Quebrada é uma cantora, travesti e está no BBB 22

Samantha Oliveira
Samantha Oliveira
Publicado em 24/01/2022 às 12:22
Reprodução/Instagram
Linn da Quebrada, Jup do Bairro e Rosa Luz são algumas artistas que se identificam como travestis - FOTO: Reprodução/Instagram
Leitura:

A participação de Linn da Quebrada trouxe à tona, mais uma vez, discussões acerca de corpos trans e travestis na mídia. Em outras palavras, a cantora, que é travesti, trouxe uma representatividade maior da comunidade LGBTQIA+ durante sua participação no Big Brother Brasil 22.

Apesar disso, Linn não ficou imune a declarações transfóbicas na casa, e foi chamada pelo pronome errado algumas vezes pelos participantes. Por conta disso, no domingo (23), durante a exibição ao vivo do programa, a cantora foi convidada a falar sobre como prefere que a chamem.

No discurso, Linn da Quebrada explicou sobre a sua tatuagem escrito "ela" na testa, e que deve ser chamada por pronomes femininos. E o caso da artista não é isolado - já que corpos travestis existem tanto na música quanto em outros aspectos, e merecem ser respeitados.

Pensando nisso, conheça algumas travestis que, assim como Linn, devem ser chamadas de "ela" e ter seu trabalho reconhecido.

Rosa Luz

Também cantora e artista visual, Rosa fala sobre as suas vivências como pessoa da comunidade LGBTQIA+ em suas obras. Ela também atua como fotógrafa e chegou a ser capa da Revista Select com a fotografia: "E se a arte fosse Travesti?".

Danny Bond

Cantora com letras bastante ousadas, Danny Bond é alagoana e se joga no ritmo do bregafunk. Ela, inclusive, participou da música 'Barbie' ao lado de MC Rebecca, Pocah e Lexa, recentemente.

 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Black Barbie???? (@danny.bond)

Jup do Bairro

A rapper Jup do Bairro tem crescido cada vez mais no cenário musical, e traz consigo a representatividade de um corpo negro e travesti - assim como Linn da Quebrada. Um dos seus trabalhos mais reconhecidos é Corpo Sem Juízo, lançado em 2019.

 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Jup do Bairro (@jupdobairro)

Comentários

Últimas notícias