racismo

Após blackface, participante do 'Jogo de Panelas' assume erro e pede desculpas: 'não vim aqui me vitimizar'

Anderrupson ganhou um espaço ao vivo para se retratar pelo ocorrido

Vinicius Mariano
Vinicius Mariano
Publicado em 23/05/2022 às 11:37 | Atualizado em 23/05/2022 às 11:39
Reprodução/TV Globo
Participantes do 'Jogo de Panelas' e Ana Maria Bragra - FOTO: Reprodução/TV Globo
Leitura:

Na última sexta-feira (20/05), Anderrupson, participante do "Jogo de Panelas", protagonizou uma cena de blackface - ato de ridicularizar pessoas negras através da estereotipação - no "Mais Você". Na situação, o participante foi chamado a atenção pela apresentadora Ana Maria Braga.

Já na manhã desta segunda-feira (23), aconteceu a etapa final do quadro matinal. Durante a transmissão ao vivo do programa, foi concedido um espaço para que o rapaz se retratasse por conta ato racista.

No momento, ele se desculpou pela atitude e não tentou se defender.

"Bom dia, Brasil. Gostaria de aproveitar o espaço hoje para me desculpar com todos vocês. Pratiquei black face sem o mínimo conhecimento do que estava praticando. Não vim aqui me vitimizar, pois não sou a vítima, fui agressor, inconsciente, mas fui", iniciou.

"Quero me solidarizar com todos que sofrem com o racismo no mundo. E aqui deixo um adendo: para o racismo não deve haver livre-arbítrio e sequer politicamente correto, deve ser combatido de forma intolerante", prossegue. "Você que me assiste agora, não permita nenhuma prática racista em sua casa, evento, ou qualquer outro local. Pergunte se a pessoa tem conhecimento de qualquer ato racista e mesmo assim quiser justificar, coloque-o porta para fora. Não deixe o racismo entrar", completou.

 

Comentários

Últimas notícias