Blog do Torcedor - Tudo de Brasileirão, futebol internacional, Fórmula 1, NBA, NFL e todos os esportes
Torcedor

Notícias do Brasileirão; de Náutico, Santa Cruz e Sport; e futebol internacional. Fórmula 1, NBA, NFL e todos os esportes com análise, interatividade e opinião

CAMPEONATO PAULISTA

Palmeiras reduz preço de ingressos para o Paulistão; veja novos valores

O Palmeiras estreia no Paulistão diante da Ponte Preta, na próxima quarta-feira (26)

Estadão Conteúdo Túlio Feitosa
Estadão Conteúdo
Túlio Feitosa
Publicado em 20/01/2022 às 14:13
REUTERS/Amanda Perobelli
O Allianz Parque foi o palco da final da Copinha de 2022. - FOTO: REUTERS/Amanda Perobelli
Leitura:

O Palmeiras reduziu o preço dos ingressos de suas partidas como mandante no Campeonato Paulista. A presidente Leila Pereira havia prometido baixar os valores dos bilhetes ainda quando era candidata na última eleição e cumpriu a promessa, atendendo a uma antiga reivindicação da torcida, que reclamava da elitização do Allianz Parque.

O primeiro compromisso do Palmeiras na temporada em casa será contra a Ponte Preta, na próxima quarta-feira, dia 26, às 21h35, pela segunda rodada do Paulistão.

Os ingresso mais barato para esta partida custa R$ 60, no setor Gol Norte, e o mais caro, R$ 130, na Central Oeste. Eles estarão à venda exclusivamente para os sócios-torcedores Avanti a partir desta sexta, às 10h, no site www.ingressospalmeiras.com.br.

>> Palmeiras supera gigantes europeus e é eleito o "melhor time do mundo". Confira TOP 10 com mais três brasileiros

>> Copinha: Palmeiras faz avalanche de gols, goleia o Oeste e está nas semifinais da Copa São Paulo

Os sócios-torcedores palmeirenses terão os descontos previstos em cada plano e exclusividade na compra dos ingressos via internet até segunda, dia 24, às 10h, quando tem início a venda para o público em geral. A comercialização para os sócios Avanti será dividida conforme a pontuação do rating de cada associado, classificados de zero a cinco estrelas.

No ano passado, assim que as autoridades do Estado de São Paulo aprovaram o retorno do público às arquibancadas, o Palmeiras vinha cobrando R$ 90 pelo bilhete mais barato para seus confrontos do Brasileirão no Allianz Parque.

Depois, baixou para R$ 80 após reclamações da torcida. O mais caro custava R$ 250. Em 2018, o palmeirense chegou a pagar R$ 180 pela entrada mais econômica para assistir ao time na Copa Libertadores, o que gerou duras críticas dos torcedores.

 

Até o fim de 2019, ano da última temporada com público, antes de os portões dos estádios fecharem por causa da pandemia de covid-19, o Palmeiras tinha o tíquete médio mais caro do futebol brasileiro, em torno de R$ 57, à época. A diretoria faturava alto com a renda proveniente da bilheteria, já que a torcida lotava o estádio.

Mas, sobretudo em 2019, ano em que time não conquistou títulos, o torcedor passou a ir menos à arena e o clube, sem reduzir os valores dos ingressos, deixou de arrecadar uma quantia considerável e amargou buracos nas arquibancadas.

Antes e depois de eleita, Leila Pereira prometeu que iria aproximar o torcedor do Palmeiras e daria atenção para "a multidão fora do muro". Reduzir o preço dos ingressos seria, na sua visão, uma iniciativa importante nesse processo.

"Não posso oferecer ao torcedor um produto que ele não pode adquirir. Não é inteligente. Não é possível que o Allianz Parque, aquela arena maravilhosa, tenha 15 ou 20 mil pessoas sendo que cabem mais de 40 mil. Isso não entra na minha cabeça", disse a mandatária ao Estadão no dia seguinte à sua posse.

O time alviverde estreia no torneio estadual domingo, às 16h, diante do Novorizontino, fora de casa, em Novo Horizonte.

Comentários

Últimas notícias