violência

Dupla invade Restaurante Tepan e rouba pertences de clientes

Cerca de 50 clientes estavam no local e tiveram celulares, relógios e carteiras roubados

Diogo Menezes
Diogo Menezes
Publicado em 28/05/2016 às 21:40
Foto: Ricardo B. Labastier/JC Imagem
Cerca de 50 clientes estavam no local e tiveram celulares, relógios e carteiras roubados - Foto: Ricardo B. Labastier/JC Imagem
Leitura:

Clientes do Restaurante Tepan, localizado na Encruzilhada, Zona Norte do Recife, viveram momentos de pânico na noite de ontem. Por volta das 20h30, dois homens armados invadiram o estabelecimento e roubaram cerca de 50 clientes que estavam no local. Pertences de vários clientes foram roubados, tais como celulares, carteiras, relógios e jóias.

De acordo com relatos de testemunhas, os dois homens chegaram em uma moto e ambos estavam armados. Estacionaram na frente do estabelecimento e entraram tranquilos, os dois de capacetes, falando que se tratava de um assalto.

“Em 21 anos do restaurante, nunca passamos por uma situação dessas. Eles entraram gritando que se tratava de assalto e todo mundo ficou com medo”, disse o gerente do estabelecimento, Francisco Vicente Filho. Ele estava com um semblante bastante assustado com o ocorrido.

De acordo com um cliente, que não quis se identificar, os dois assaltantes estavam muito tranquilos. “Eu segurava meu filho de 1 ano e 5 meses no colo. Nem percebi que era um assalto. Estava com minha esposa, meu pai e a esposa dele e minha ex-cunhada. Até que ela percebeu e pediu que eu ficasse calmo, que estavam assaltando o restaurante. Eles chegaram na minha mesa, com uma bolsa na mão, e levaram meu celular, meu relógio e o celular da minha esposa”, contou o rapaz, que iria prestar queixa do assalto pela internet. “Essa é a terceira vez que sou assaltado na Encruzilhada. Não moro lá, mas não volto mais no bairro”, desabafou.

Uma outra gerente do estabelecimento foi até a delegacia prestar queixa do ocorrido. Os bandidos não conseguiram levar o dinheiro do caixa do Tepan porque o ambiente é fechado e eles não entraram. Assim que o assalto acabou – durou cerca de cinco minutos – os clientes começaram a ir embora.

Na noite de sábado, nenhum dos bandidos foi identificado e preso. O caso deve ser investigado pela Delegacia do Espinheiro.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias