Confusão

Presos ficam feridos em confusão após revista no Complexo do Curado

A briga entre detentos começou depois que agentes penitenciários apreenderam diversas armas em presídio do Complexo do Curado

JC Online
JC Online
Publicado em 29/11/2017 às 14:35
Foto: cortesia/Sindicato dos Agentes Penitneciários
A briga entre detentos começou depois que agentes penitenciários apreenderam diversas armas em presídio do Complexo do Curado - FOTO: Foto: cortesia/Sindicato dos Agentes Penitneciários
Leitura:

Cinco detentos do Presídio Juiz Antônio Luiz Lins de Barros (PJALLB), no Complexo do Curado, localizado no bairro do Sancho, Zona Oeste do Recife, ficaram feridos em um motim, após uma revista de rotina na unidade, nesta quarta-feira (29). De acordo com o Sindicato dos Agentes Penitenciários de Pernambuco, os presos feridos precisaram ser encaminhados ao Hospital Otávio de Freitas, em Tejipió, também na Zona Oeste do da capital pernambucana.

A confusão começou depois que Agentes Penitenciários do plantão da unidade e do Grupo de Operações e Segurança (GOS) entraram no pavilhão da 'Barbearia' para uma revista, que foi concluída por volta das 10h20. A ação foi motivada a partir de informações repassadas pela Gerência de Inteligência (GISO), que apontavam a presença de armas de fogo escondidas no local.

A revista foi realizada e terminou com a apreensão de duas armas de fogo, diversas armas de artesanais, munição, bebida alcoólica, celulares, drogas, entre outros materiais ilícitos. Após a saída da equipe de segurança, presos iniciaram um motim com o objetivo de ferir outros detentos apontados como "cabuetas" e que teriam repassado informações sobre a presença de armas no pavilhão.

Quatro preso acabaram esfaqueados e um recebeu um tiro no pé direito, o que alertou a segurança do presídio para a presença de mais uma arma de fogo no local, mesmo após a revista. Os feridos foram identificados como André Francisco dos Santos, 26 anos, Tiago Alexandre da Silva, 21, Lucas Rufino Nicodemos Marques, 20, Paulo Ricardo Jacinto Matias, 26, e Bruno Felipe dos Santos, 29. A Secretaria de Ressocialização (Seres) do Estado confirmou que uma revista estava prevista para a unidade nesta quarta-feira (29) e que houve uma confusão com cinco feridos. Através de nota, a Seres ainda informou que "o fato será encaminhado à Polícia Civil para providências cabíveis."  

Confira a lista do material apreendido no PJALLB:

01 revólver Rossi n. W275559 calibre .38
01 revólver Taurus n. 56748187 calibre .38
32 munições intactas
04 facões industriais
01 foice industrial
15 facas industriais
01 Chuço
4,5lt whysky
6,5 lt cola
04 celulares
12 carregadores
02 baterias
08 chips
Aprox. 1,09 kg Maconha
Aprox. 40g Crack
2500lts de cachaça artesanal
07 usinas de cachaça artesanal

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias