Ataque

Grupo Magiluth de teatro é alvo de hackers: 'Sofremos um duro golpe'

E-mail e conta oficial do grupo pernambucano no Instagram foram deletados nesta terça-feira (12)

JC Online
JC Online
Publicado em 13/11/2019 às 19:05
Foto: Instagram/@parmera/Reprodução
E-mail e conta oficial do grupo pernambucano no Instagram foram deletados nesta terça-feira (12) - FOTO: Foto: Instagram/@parmera/Reprodução
Leitura:

O Grupo Magiluth de teatro, que comemora em 2019 o 15º ano de atividades em Pernambuco, foi alvo de hackers no final da tarde da última terça-feira (12). De acordo com um dos integrantes do grupo, o ator Bruno Parmera, o e-mail oficial e o perfil da companhia no Instagram foram deletados.

"Sofremos um duro golpe: Tivemos nosso email e nosso principal canal de comunicação, o Instagram - onde só ali éramos quase 8.000 pessoas - hackeados. Apagaram todos os nossos emails e delataram nosso ig", lamentou o artista em seu perfil pessoal no Instagram.

Fundado em 2004, o Grupo Magiluth tem um trabalho de pesquisa e experimentação constante na cena teatral recifense, sendo apontado como um dos principais grupos teatrais do País. O Magiluth circula com seu conjunto de atores por diversos estados brasileiros. Foram nove espetáculos criados ao longo destes 15 anos de existência. Atualmente, o grupo é formado por Bruno Parmera, Erivaldo Oliveira, Giordano Castro, Lucas Torres, Mário Sérgio Cabral e Pedro Wagner.

Sem mencionar culpados pelo crime virtual, para Parmera, a palavra agora - assim como tem sido em toda a trajetória do grupo - é de resistência. "Estamos também espalhados por esse País. Essa liberdade também não nos tomarão. Estamos aí, dentro da memória de vocês e tudo será reconstruído. Em breve voltaremos para nossas redes sociais, com um perfil novo do Magiluth, divulgando nossos trabalhos e fazendo o que sabemos e nos propusemos a fazer, resistência e arte. Agora é preciso trabalhar, queridas irmãs. Somente trabalhar", declarou o ator.

LEIA O POST NA ÍNTEGRA:

Ver essa foto no Instagram

A grande magia do teatro está ligada diretamente a efemeridade do seu fazer. A experiência teatral ela acontece a partir do encontro. Aquele princípio básico da comunicação. Um interlocutor, um receptor e uma mensagem. Durante 15 anos o Magiluth se eternizou nesses encontros efêmeros. Seja nos brindes aos pulos de olhos fechados nas piscinas, seja na memória do Luiz Lua Gonzaga, na memória cristalizada por Manga Rosa em Corra ou como pontos de lágrimas jogados ao vento no Ano em que sonhamos perigosamente. Também em todos os aplausos, sorrisos, abraços e encontros. Temos a certeza que de uma forma ou de outra, cada pessoa que conseguiu ter esse encontro conosco, guarda uma memória desse momento. Assim como nós. Ontem, porém, no final da tarde, sofremos um duro golpe: Tivemos nosso email e nosso principal canal de comunicação, o instagram - onde só alí éramos quase 8000 pessoas - hackeados. Apagaram todos os nossos emails e delataram nosso ig. Sentimos muito por ter perdido todo nosso email, todos arquivos de nosso trabalho diário. Sentimos muito por ter perdido nosso instagram que também guardava parte da nossa história e mensagens de carinho neste percurso. Mas sabemos que não perdemos essa relação que foi construída com todes vocês. Não mesmo. Estamos também espalhados por esse país. Essa liberdade também não nos tomarão. Estamos aí, dentro da memória de vocês e tudo será reconstruído. Em breve voltaremos para nossas redes sociais, com um perfil novo do Magiluth, divulgando nossos trabalhos e fazendo o que sabemos e nos propusemos a fazer, resistência e arte. Agora é preciso trabalhar, queridas irmãs. Somente trabalhar. Somos um só! Uma coisa muito importante: sigam as nossas hashds_matia_palvr. Elas guardam algumas de nossas memórias. #magiluth #magiluth15anos #DinamarcaMagiluth #OAnoEmQueSonhamosPerigosmente #LuizLuaGonzagaMagiluth #ApenasOFimDoMundoMagiluth #Magiluth2019 #AquiloQueOMeuOlharGuardouParaVocê #Magiluth18 #Magiluth17 (essas duas são referentes aos anos de 2018 e 2017) #MagiluthNaEstrada (tudo que era feito fora de Recife) E as hashds_matia_palvr de cada estado que passamos. #MagiluthSP #MagiluthRJ #MagiluthRN #MagiluthPA #MagiluthPB #MagiluthCE #MagiluthBA #Magi

Uma publicação compartilhada por Parmera (@parmera) em

Últimas notícias