Financiamento

Janela de Cinema recorre a financiamento coletivo para edição de 2019

Um dos principais eventos cinematográficos do Recife, o festival dá início hoje a uma campanha de crowdfunding para a realização da sua 12º edição

JC Online
JC Online
Publicado em 07/10/2019 às 15:58
Notícia
Divulgação
Um dos principais eventos cinematográficos do Recife, o festival dá início hoje a uma campanha de crowdfunding para a realização da sua 12º edição - FOTO: Divulgação
Leitura:

Um dos principais eventos cinematográficos da agenda cultural recifense, o festival Janela Internacional de Cinema lança, a partir desta segunda-feira (07), uma campanha de financiamento coletivo para realização da sua 12º edição. Através da plataforma Benfeitoria, os apoiadores podem contribuir com valores diversos, que serão recompensados com brindes e prêmios de acordo com a contribuição.

A campanha segue no ar até o dia 7 de novembro, podendo ser acessada pelo link benfeitoria.com/janeladecinema. Inicialmente, almeja-se a meta de R$ 30.000, que devem custear grande parte das operações do evento, a ser realizado nas salas do Cinema São Luiz e Cinema da Fundação Joaquim Nabuco.

A iniciativa de crowdfunding segue modelo já adotado por outros eventos importantes do audiovisual brasileiro, como o Festival do Rio. Em mais de uma década de história, o Janela trouxe ao Recife desde clássicos até estreias mundiais, contribuindo historicamente para a tradicional cinefilia do povo recifense.

AOS APOIADORES

"Inicialmente, a equipe do Janela cogitou a não realização do festival. Logo chegamos ao sentimento de que seria uma prova enorme de coragem cancelá-lo. Não temos esse tipo de bravura. Imaginar a Rua da Aurora deserta à noite neste ano, nas datas reservadas ao Janela, não é uma opção", diz parte da carta aberta aos apoiadores do festival.

"Festivais de Cinema não apenas exibem filmes, mas mantêm as ideias em movimento, compartilhadas. Festivais mantêm a Cultura viva e forte. Quem vai e quem já veio ao Janela sabe da energia que circula aqui. O público, as realizadoras e os realizadores, os cinemas São Luiz e as duas salas do Cinema da Fundação. É um encontro incomum", acrescenta ainda o texto.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias