Campeonato Pernambucano

Náutico e Sport chegam à decisão do Campeonato Pernambucano em boas fases

Equipes se enfrentam neste domingo (14), às 16h, pelo primeiro jogo da final do estadual

Fernando Marinho
Fernando Marinho
Publicado em 13/04/2019 às 9:11
Notícia
Foto: Léo Lemos/Náutico
Equipes se enfrentam neste domingo (14), às 16h, pelo primeiro jogo da final do estadual - FOTO: Foto: Léo Lemos/Náutico
Leitura:

Uma final de alto nível. Náutico e Sport chegam à decisão do Campeonato Pernambucano ostentando um retrospecto positivo que serve para acirrar ainda mais a final do Estadual. Enquanto que os alvirrubros não perdem há 18 partidas, os rubro-negros vêm de cinco vitórias consecutivas. Apesar da semana livre para trabalhar, o técnico Márcio Goiano ainda cultiva uma dúvida antes definir o time titular, mas tem uma certeza: o veto de Suéliton, lesionado. Com Guto Ferreira não tem mistério. A aposta para superar o Timbu é simples: manutenção da equipe.

Com apenas um desfalque, o Náutico ganhou o retorno importante do atacante Robinho e do volante Jiménez, que estiveram ausentes no último jogo contra o Ceará, pela Copa do Nordeste. A dupla, no entanto, deve começar no banco de reservas. Dessa maneira, a principal dúvida de Márcio Goiano em relação à equipe, é quanto as presenças do volante Maylson e do atacante Wallace Pernambucano. Ausentes do time titular nos últimos jogos, os atletas tem entrado bem no segundo tempo. Somente um deles deve entrar de frente.

"Eu praticamente tenho em mente a equipe do Sport, Guto vem repetindo a equipe, então a gente acredita que o adversário não vai ter mudança. Isso cria uma situação na minha cabeça, eu posso espelhar o time na forma que ele também vem jogando, em relação a isso, seria uma posição a dúvida que eu tenho com relação a equipe que vai iniciar o jogo", comentou o técnico alvirrubro.

Sem nenhum desfalque por lesão ou suspensão, Guto Ferreira segue apostando na manutenção do seu time considerado titular e vai mandar a campo a mesma formação que bateu o Salgueiro, nas semifinais do Estadual. Apesar de Adryelson, Norberto, Luan e Hernane terem sidos poupados em alguns treinos ao longo da semana por cansaço muscular, todos os jogadores chegam 100% para essa decisão contra o Náutico nos Aflitos.

Diante disso, o treinador deve escalar a equipe leonina com: Maílson; Norberto, Rafael Thyere, Adryelson e Sander; Ronaldo, Charles e Guilherme; Luan, Ezequiel e Hernane Brocador. O único atleta que está pendurado com dois amarelos é o volante Ronaldo. Mesmo o cabeça de área correndo risco de ficar de fora da partida de volta, na Ilha do Retiro, Guto não quer que ele se resguarde para não ser novamente amarelado.

RONALDO

“Não conversei nada com ele (Ronaldo). Cada jogo é uma história e tem sua representatividade. Nós acreditamos no nosso plantel. Caso a gente perca um guerreiro, temos de guerrear com o que temos. Ronaldo vai fazer o melhor nessa primeira guerra, sem se preocupar com a segunda. Se ele sair ileso, ótimo. Mas não pode querer se precaver em detrimento da segunda guerra”, declarou Ferreira.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias