Campeonato Pernambucano

Final de alto nível: Náutico e Sport disputam a primeira decisão nos Aflitos

Equipes se enfrentam neste domingo (14), às 16h, pelo primeiro jogo da final do Campeonato Pernambucano

Fernando Marinho
Fernando Marinho
Publicado em 14/04/2019 às 7:31
Notícia
Bobby Fabisak/JC Imagem
Equipes se enfrentam neste domingo (14), às 16h, pelo primeiro jogo da final do Campeonato Pernambucano - FOTO: Bobby Fabisak/JC Imagem
Leitura:

O estádio dos Aflitos volta a receber neste domingo (14) uma final de Campeonato Pernambucano depois de nove anos. A decisão entre Náutico e Sport será o primeiro Clássico dos Clássicos depois do local ser reinaugurado. Em jogo, um tabu de 51 anos sem o time alvirrubro conquistar um título do Estadual em cima do Leão. Pelo lado rubro-negro, o respeito pela sequência de 18 jogos sem perder do Timbu, a maior série de invencibilidade de um time no futebol brasileiro no momento.

Esta será a 18ª vez em que Náutico e Sport decidem um Pernambucano e a supremacia do Leão da Ilha é grande. São 11 conquistas em cima do rival alvirrubro, enquanto o Timbu derrotou os rubro-negros em finais em seis oportunidades. Além disso, nas últimas nove decisões entre os times, todas foram vencidas pelo Sport. Apesar dos números desfavoráveis, o treinador Márcio Goiano preferiu blindar o elenco alvirrubro.

“São números que acabam aparecendo, são 18 jogos sem perder, o Sport com Guto vem de cinco partidas também sem perder. Não temos nenhum remanescente desse tabu, então o mais importante é o foco principal para o jogo, o adversário que tem o artilheiro da competição, jogadores experientes, então nós sabemos de todas as dificuldades que vamos enfrentar em campo. Temos que ter nossa estratégia, estudamos bem o adversário para que nas oportunidades nós possamos aproveitar bem”, comentou.

Em busca do bicampeonato e do 23º título estadual, o Náutico chega para a decisão com a confiança elevada, vivendo o melhor momento na temporada. Boa fase esta que vai refletir nas arquibancadas, com o maior público do time alvirrubro como mandante no ano. A final do Campeonato Pernambucano de 2019 reúne as duas melhores equipes da primeira fase da competição. Reconhecendo o peso da decisão, Márcio Goiano pede inteligência, lembrando que a final será decidida em dois jogos.

“Os números colocam isso, foram as duas equipes que chegaram na frente. Agora é diferente, não é um jogo qualquer, por isso eu falo que é muito importante essa primeira partida, mas não acaba aí, tem o segundo jogo, temos que ter esse discernimento. É um jogo de estudo, vamos ter o maior número de torcida, temos que ser inteligentes, usar bem o fator campo, mas saber também que tem o jogo final”, alertou Márcio.

Na última coletiva de imprensa antes do jogo, em poucas palavras, o técnico rubro-negro Guto Ferreira preferiu não falar muito para não dar mais ‘armas ao adversário’. Enquanto Márcio mostrou conhecimento sobre os jogadores do Sport. “Eles (Náutico) vivem um bom momento e sabem o que temos de ponto forte e de ponto fraco, assim como nós também sabemos os deles. O que eu falar aqui não vai somar nada”, desconversou Guto.

Apesar das poucas palavras, o técnico rubro-negro não tem muito o que esconder. Guto Ferreira deve mandar a campo a mesma equipe que derrotou o Salgueiro na semifinal, ou seja, o mesmo esboço do time que está com 100% de aproveitamento sob o comando do treinador. Em busca do 42º título do Campeonato Pernambucano, o Sport tem como preocupação o volante Ronaldo, único jogador das duas equipes a entrar em campo pendurado. Podendo ficar de fora do jogo da volta caso leve o terceiro cartão amarelo.

No Timbu, apenas uma dúvida na escalação que vem dando certo. Como revelou o comandante alvirrubro. Com Maylson, Wallace Pernambucano e Robinho disponíveis, um deles deve entrar de frente. O zagueiro Suéliton é o único desfalque do Náutico para o confronto.

FICHA DO JOGO

Náutico: Bruno; Hereda, Diego Silva, Camutanga e Assis; Josa, Luiz Henrique e Danilo Pires (Maylson); Jorge Henrique, Thiago e Odilávio (Wallace Pernambucano). Técnico: Márcio Goiano. Esquema: 4-3-3.

Sport: Mailson; Norberto, Rafael Thyere, Adryelson e Sander; Ronaldo, Charles e Guilherme; Luan, Ezequiel e Hernane Brocador. Técnico: Guto Ferreira. Esquema: 4-3-3.

Local: Estádio dos Aflitos, em Recife (PE). Horário: 16h. Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO). Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Daniane Caroline Muniz dos Santos (MS). Ingressos: R$ 80 (inteira) e R$ 40 (meia), sujeitos à disponibilidade.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias