Cobra Coral

Zagueiro destaca importância da torcida do Santa Cruz no Arruda

O próximo jogo do Santa Cruz acontece na sexta-feira contra o Ferroviário

Davi Saboya
Davi Saboya
Publicado em 02/07/2019 às 7:33
Notícia
Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
O próximo jogo do Santa Cruz acontece na sexta-feira contra o Ferroviário - FOTO: Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Leitura:

O zagueiro Danny Morais exaltou a importância da torcida do Santa Cruz no jogo contra o líder Ferroviário, sexta-feira, no Arruda, pela 11ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro. Referência no elenco, ele lembrou os momentos deste ano em que os tricolores compareceram em peso no Arruda aos jogos contra o ABC e Fluminense pela Copa do Brasil. A torcida coral pode ter um peso decisivo no próximo confronto devido ao fato do adversário ocupar a primeira colocação do Grupo A com 20 pontos. O time do técnico Milton Mendes tem quatro a menos e está em terceiro lugar.

“Não é novidade. A torcida realmente fez a diferença dentro de casa. Esse ano tivemos algum momentos de casa cheia e podemos repetir isso para nos ajudar na classificação. Tenho certeza que o torcedor irá comparecer. Estamos fazendo o melhor em campo”, afirmou o xerife e defensor tricolor.

Nessa segunda-feira, o Santa iniciou uma série de ações de publicidade para chamar o torcedor para o duelo diante dos cearenses. Em carta aberta assinada pelo presidente Constantino Júnior, o clube convocou 50 mil tricolores para a partida. Como também destacou a tradição entre o campo e arquibancada.

“Num Arruda lotado, vamos reviver a grandeza de uma nação que, quando se abraça nas arquibancadas, faz uma cidade inteira tremer. Como presidente do maior clube do Nordeste, informo: 50 mil pessoas estarão no Mundão na próxima sexta”, escreveu o mandatário coral na nota oficial.

A Cobra Coral trata o jogo contra o Ferroviário como fundamental na classificação para as quartas de final da Série C. Na primeira fase, a meta do Santa Cruz é avançar entre os dois primeiros para decidir dentro de casa o acesso à Segunda Divisão. Ao contrário do que aconteceu no ano passado, quando equipe venceu o Operário no Arruda por 1x0 e perdeu a vaga na Série B ao sofrer a derrota por 3x0 na partida de volta em Ponta Grossa-PR. “Mais que a chance de grudar na liderança, podemos iniciar nossa arrancada definitiva ao acesso”, exaltou o clube em manifesto.

Depois do fraco desempenho no início da competição, o Santa Cruz engrenou uma sequência positiva após a chegada do técnico Milton Mendes. Com o novo comandante, são seis jogos, quatro vitórias (ABC, Imperatriz, Confiança e Náutico), um empate (Globo) e uma derrota (Treze). Além da contratação do treinador, o clube investiu nos reforços para obter o sucesso na Terceirona.

REFORÇOS

Dez jogadores desembarcaram no Arruda para a Série C. São eles: o goleiro Renan Rinaldi (que solicitou desligamento recentemente), o lateral-esquerdo Carlos Renato, o zagueiro Willian Alves, o volante Marcelo Mattos, os meias Everton, Celsinho, Daniel Costa e Jailson, e os atacantes Dudu e Misael.

Anunciado no fim da noite do último domingo, o mais novo reforço é o meia Jailson. Velho conhecido, ele defendeu o Santa Cruz no fim da temporada passada. No começo deste ano, ambas as partes estavam com o interesse na renovação, mas o jogador recebeu uma oferta do Cuiabá, que o emprestou agora até o fim da Terceira Divisão

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias