PARCERIA

Guilherme e Hernane seguem os passos de outras duplas de sucesso no Sport

Os dois já marcaram juntos 40 gols na temporada e já lembram sintonia entre Diego Souza e André

Filipe Farias
Filipe Farias
Publicado em 27/10/2019 às 8:01
Notícia
Foto: JC Imagem
Os dois já marcaram juntos 40 gols na temporada e já lembram sintonia entre Diego Souza e André - FOTO: Foto: JC Imagem
Leitura:

A fase de Guilherme e Hernane Brocador no Sport é espetacular. Os números falam por si só. Juntos, os dois marcaram 40 gols na temporada, o que representa 54% gols marcados pelo Leão em 2019. Além de balançar as redes adversárias, a dupla também vem conseguindo ajudar o time rubro-negro a atingir os seus objetivos. No primeiro semestre, o título Pernambucano; e, no segundo, o acesso à Série A está bastante encaminhado, muito por contribuição de ambos.

“Para chegarmos nesse estágio que estamos é preciso ter jogadores desse quilate”, elogiou o técnico Guto Ferreira. “Mas contra o Cuiabá os dois não marcaram e, mesmo assim vencemos. Temos um grupo forte e que trabalha. Talvez todos não estejam em um momento tão bom como dos dois... Hernane tem 14 gols e Guilherme tem 13 nessa Série B. Fico feliz por eles, pois trabalham bastante. Se dedicam muito. Hernane foi fazer a beirada do campo no final do jogo (contra o Paraná). Mesmo sendo centroavante, ele foi produzir para a equipe”, complementou.

Mesmo os dois sendo artilheiro e vice da Segundona, Guilherme faz questão de reforçar que não existe disputa interna. Muito pelo contrário, o objetivo, em primeiro lugar, é o bem coletivo. Ou seja, recolocar o Sport na Primeira Divisão. “Existe algo do Brocador e algo do Guilherme, que é o de querer ajudar o Sport. E estamos fazendo isso. Como ele diz e eu ressalto, a artilharia é consequência do nosso trabalho. A minha torcida é que ele seja o artilheiro e eu seja o segundo, pois o que a gente quer mesmo é ajudar o Sport a subir”, garantiu o camisa 11.

Hernane não esconde que tem três objetivos que espera alcançar nessa reta final de temporada, mas que em primeiro lugar está os interesses do clube. “Pretendo chegar aos 30 gols. Sei que só faltam oito partidas, mas também só preciso de mais sete gols. Meus companheiros estão dispostos a me ajudar. Esse não é o foco principal. O foco é o acesso. Se vier a artilharia (da Série B), bater a meta e conquistar o acesso ficarei feliz. Caso só venha a artilharia e não bata a meta, mas o acesso venha, vou estar realizado, pois o ano de 2019 não foi fácil. Essa diretoria fez um esforço enorme para manter as obrigações em dia e vem mantendo. Isso fez com que o time tivesse tranquilidade para desenvolver um bom futebol e os resultados estão saindo”, declarou o centroavante.

COMPARAÇÃO

O sucesso de Hernane e Guilherme já começam a render comparações com outra dupla de sucesso que passou recentemente pelo Sport: Diego Souza e André. Os dois tiveram mais de uma passagem pelo Leão, mas apenas a de 2017 atuaram juntos desde o início do ano. Tomando como base esse recorte, nessa temporada específica, os dois marcaram 48 gols: 27 de André e 21 de DS87. Nesse mesmo ano, os dois conquistaram o Estadual e ajudaram o a equipe leonina a escapar do rebaixamento.

Somando todas as passagens dos dois pelo Sport, Diego Souza disputou 173 partidas e marcou 57 gols (entre os anos de 2014 a 2017). Já o centroavante André defendeu a camisa rubro-negra nos anos de 2015, 2017 e 2018, com 105 jogos disputados e 43 gols marcados.

Uma outra dupla que marcou história no Sport, no início dos anos 90, foi Hélio ‘doido’ e Moura. Os dois ajudaram o Leão a conquistar os títulos Estaduais de 1991 e 1992.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias