ÓLEO NO NORDESTE

Não há novas manchas de óleo chegando ao litoral, diz governo

Em todo o Nordeste, 249 localidades já foram afetadas pelo óleo. Novas manchas não teriam sido detectadas pelas equipes de monitoramento

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo
Publicado em 27/10/2019 às 18:24
Notícia
Foto: Bruno Campos / JC Imagem
Em todo o Nordeste, 249 localidades já foram afetadas pelo óleo. Novas manchas não teriam sido detectadas pelas equipes de monitoramento - FOTO: Foto: Bruno Campos / JC Imagem
Leitura:

O governo informou que não foram encontradas, neste domingo (27), novas manchas de óleo no litoral do Nordeste, atingido pelo vazamento de petróleo observado há quase dois meses. Em nota, o Grupo de Avaliação e Acompanhamento (GAA), formado por Marinha, Agência Nacional de Petróleo (ANP) e Ibama, informou que novos resíduos não foram observados chegando à costa pelas equipes de monitoramento.

O relato do governo demonstra que a situação do litoral melhorou em relação ao dia anterior. Sábado, em coletiva de imprensa, a Marinha informou que as praias do Nordeste já não apresentavam óleo do vazamento, mas, apenas "pelotas" de petróleo no mar que poderiam ser recolhidas quando chegassem às praias. Agora, há outra preocupação: parte do óleo avançou para os manguezais.

O governo já registrou 249 locais afetados. Mais de 1 mil toneladas de resíduos oleosos, diz a nota, foram recolhidos. As ações do grupo continuam em Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Bahia - Estados mais atingidos. Em outros locais, de acordo com o governo, a situação é estável.

 

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias