VÍRUS

EUA emitem recomendação para grávidas após aumento de casos de zika na Flórida

O governador da Florida Rick Scott afirmou que há 10 novos casos de zika vírus, aumentando para 14 o número total de casos no estado

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo
Publicado em 02/08/2016 às 9:09
Foto: AFP
O governador da Florida Rick Scott afirmou que há 10 novos casos de zika vírus, aumentando para 14 o número total de casos no estado - FOTO: Foto: AFP
Leitura:

O Centro de Controle de Doenças e Prevenção (CDC, na sigla em inglês) emitiu uma nova recomendação que diz que mulheres grávidas não devem viajar para a chamada "área de transmissão" de zika na Flórida e as mulheres grávidas que vivem na região devem tomar medidas de prevenção.

O CDC lançou a recomendação nesta segunda-feira após o governador da Florida Rick Scott ter afirmado que há 10 novos casos de zika vírus, aumentando para 14 o número total de casos no estado. 

A organização ainda divulgou que os homens e mulheres que visitaram essa região desde o dia 15 de junho devem esperar pelo menos oito semanas para tentar conceber um filho. O zika fica no esperma por meses e, portanto, homens com sintomas do vírus deve esperar ao menos seis meses antes de tentar ter um filho. Fonte: Associated Press.

Últimas notícias