CRÍTICAS

No Recife, Kim Kataguiri diz que João Campos é 'despachante de luxo'

O deputado federal e líder do MBL, Kim Kataguiri (DEM-SP), fez várias críticas ao parlamentar

Rute Arruda
Rute Arruda
Publicado em 22/11/2019 às 17:50
Notícia
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
O deputado federal e líder do MBL, Kim Kataguiri (DEM-SP), fez várias críticas ao parlamentar - FOTO: Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Leitura:

Atualizada às 21h33

O líder do Movimento Brasil Livre (MBL), o deputado federal Kim Kataguiri (DEM-SP), veio ao Recife nesta sexta-feira (22) para o lançamento do seu livro “Como um grupo de desajustados derrubou a presidente: MBL - A origem”. Durante a visita à capital pernambucana, o parlamentar conversou com os jornalistas Jamildo Melo, Rhaldney Santos e Igor Maciel no programa Resenha Política, do Sistema Jornal do Commmercio de Comunicação (SJCC). Um dos assuntos abordados na conversa foi a atuação do deputado federal João Campos (PSB-PE) na Câmara, em Brasília.

Kim afirmou que o pernambucano é uma ‘pessoa agradável’, mas que é um “despachante de luxo no Palácio do Planalto”. Campos foi criticado por não ter “um debate aprofundado” e se ater a pautas locais. “Eu não vejo nenhuma marca no mandato dele que justifique ele sendo um deputado federal”, disse o parlamentar. Segundo o líder do MBL, João faz a ‘velha política’, como negociação de emendas e reverter recurso na Lei Orçamentária junto às prefeituras. “Eu vejo muito mais essa questão do que o trabalho de um deputado federal, que é fazer leis debater leis, nem que seja para rejeitá-las. Manipulação de orçamento é uma coisa que qualquer deputado de baixo clero faz”, criticou. 

Segundo o deputado, João Campos “não faz mais parte do debate nacional” e não é lembrado pelos outros parlamentares ou questionado. “Ninguém pede a opinião dele por causa de uma posição esvaziada e que voltou seus esforços para repasses do Governo Federal para prefeituras. Para mim, não é trabalho de um parlamentar. É trabalho de um despachante de luxo do Planalto que está aqui para fazer a intermediação entre o prefeito e o ministério”, concluiu o líder do MBL.

Nota de resposta de João Campos

Após Kim ter criticado João Campos, o Jornal do Commercio procurou o parlamentar pernambucano para se defender. Abaixo, segue nota enviada pela sua assessoria de imprensa.

"As críticas infundadas vêm do deputado Kim, um representante do movimento que ajudou a trazer ao Brasil uma das fases mais negativas da nossa história, onde direitos sociais são retirados a cada dia. Quando eu sou criticado por figuras como essa, que só sabem fazer a politica do ódio, sinto que estou no caminho certo. Vou seguir trabalhando por Pernambuco, debatendo ideias e construindo pontes."

Assista a entrevista

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias