clima

Lula defende inclusão da educação ambiental no currículo escolar para evitar "analfabetos climáticos"

Declaração de Lula sobre educação climática foi dada nesta terça-feira durante o programa Conversa com o Presidente

Imagem do autor
Cadastrado por

Rodrigo Fernandes

Publicado em 26/09/2023 às 12:07 | Atualizado em 26/09/2023 às 12:08
Notícia
X

O presidente Lula defendeu, mais uma vez, a inclusão da educação ambiental no currículo escolar da educação básica brasileira. A declaração foi dada na manhã desta terça-feira (26), durante o programa Conversa com o Presidente.

A atração voltou a ser realizada após duas semanas de hiato por conta de viagens internacionais do presidente. No episódio de hoje, participaram os ministros Camilo Santana e Nísia Trindade, da Educação e Saúde, respectivamente, além do apresentador Marcos Uchôa.

Sobre a educação climática nas escolas, Lula afirmou que se faz necessário porque o planeta está dando sinais de mudanças, e que não deseja ver uma geração de analfabetos climáticos.

"Nós precisamos colocar no currículo escolar brasileiro a questão do clima. A gente tem visto a temperatura mudar. Faz frio onde só fazia calor. Chove onde não chovia. Faz calor onde só fazia frio. Ou seja, o planeta está nos dando um alerta. Se, na nossa idade, a gente não aprendeu a cuidar do clima, a gente precisa ensinar às crianças e aos adolescentes o que é coleta seletiva", falou o presidente.

"É importante que, através da escola, a gente prepare as crianças e os adolescentes para educar os pais. Essas coisas, se não estiverem no currículo escolar, se a criança não aprender com 7, 8 anos, quando chegar na minha idade, vai ser quase um analfabeto climático", acrescentou.

Veja o programa Conversa com o Presidente

Tags

Autor