COLUNA MOBILIDADE

A triste sina do BRT pernambucano. Veja vídeo

Cratera aberta no pavimento do Corredor de BRT Norte-Sul na manhã desta sexta-feira (6) coloca em risco a segurança da população

Roberta Soares
Roberta Soares
Publicado em 06/08/2021 às 15:36
Notícia
DIVULGAÇÃO
A cratera aberta impressiona pelo tamanho e coloca em risco a segurança dos passageiros e operadores dos ônibus que circulam pela via - FOTO: DIVULGAÇÃO
Leitura:

Como se não bastassem todos os problemas que o Sistema de BRT pernambucano, o Via Livre, tem passado nos últimos anos, um trecho do pavimento do Corredor Norte-Sul cedeu na manhã desta sexta-feira (6/8) na Região Metropolitana do Recife. O BRT Norte-Sul liga a capital ao município de Igarassu e tem 33 km. A cratera aberta impressiona pelo tamanho e coloca em risco a segurança dos passageiros e operadores dos ônibus que circulam pela via.

A morte do BRT pernambucano


VEJA O VÍDEO

O pavimento cedeu na rodovia PE-15, logo após o Terminal Integrado Pelópidas Silveira, no município de Paulista. A largura da cratera compromete, inclusive, a operação dos coletivos e pode ser extremamente perigosa caso não seja visualizada a tempo por um motorista. Vale lembrar que o Corredor Norte-Sul é o mais degradado dos dois corredores do BRT pernambucano.

Além de ainda estar incompleto desde 2014, quando entrou em operação, o Norte-Sul sofre com a degradação não só das estações, mas da rodovia PE-15, eixo principal do corredor. Por nota, o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) informou que iria enviar uma equipe técnica ao local ainda nesta sexta (6). E que irá sinalizar o trecho para garantir a segurança dos motoristas, enquanto é feita inspeção para identificar as obras necessárias a serem executadas na rodovia. À tarde, o trecho foi sinalizado e, segundo o DER-PE, a recuperação começará neste sábado (7).

DIVULGAÇÃO
Cratera aberta no Corredor de BRT Norte-Sul - DIVULGAÇÃO
 

Comentários

Últimas notícias