COLUNA MOBILIDADE

BR-232 terá obras paralisadas e pistas liberadas para melhorar trânsito no São João. Veja como vai funcionar

Oferta para circulação do tráfego será maior do que na Semana Santa, quando muitas retenções foram registradas

Roberta Soares
Cadastrado por
Roberta Soares
Publicado em 22/06/2022 às 11:28 | Atualizado em 22/06/2022 às 19:39
BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
A previsão é de que 60 mil veículos circulem na rodovia por dia, 40% a mais do que em dias normais - FOTO: BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
Leitura:

Para tentar reduzir os congestionamentos que vão testar a paciência dos motoristas que irão viajar para o interior do Estado pela BR-232 neste feriadão de São João, as obras de alargamento da rodovia, que acontecem desde o mês de março, serão paralisadas e mais faixas de rolamento estarão disponíveis para o tráfego de veículos.

Diferentemente do esquema do feriado da Semana Santa, montado em abril, quando a circulação foi feita apenas pelas vias locais da BR-232, totalizando quatro faixas, agora a Secretaria de Infraestrutura de Pernambuco (Seinfra) resolveu ampliar a oferta para cinco pistas em cada sentido (Interior e Recife). A previsão é de que 60 mil veículos circulem na rodovia por dia, 40% a mais do que em dias normais

A partir desta quarta-feira (22/6), estarão liberadas três faixas centrais e outras duas nas vias marginais no trecho de 600 metros que está em obras, situado entre o Jardim Botânico e o Atacado dos Presentes. E, para permitir essa operação, os serviços na via ficarão suspensos entre os dias 22 e 27 de junho, sendo retomados na manhã do dia 28 de junho.

Anúncio de triplicação da BR-232, no Recife, abre caminho para futura concessão da rodovia. Entenda

As obras de alargamento compreendem 6,8 quilômetros da BR-232, no trecho entre a bifurcação com a BR-101 (km 4,70), e a entrada da BR-408 (km 11,50), no Curado, Zona Oeste da capital. A obra custará R$ 99.8 milhões e tem prazo de execução estimado em um ano (os trabalhos começaram em março de 2022).

GUGA MATOS/JC IMAGEM
A obra custará R$ R$ 99.8 milhões e tem prazo de execução estimado em um ano (os trabalhos começaram em março de 2022) - GUGA MATOS/JC IMAGEM


ROTAS ALTERNATIVAS

Quem não quiser se arriscar utilizando a BR-232 para sair do Recife tem outros caminhos para chegar à rodovia no trecho que não sofre impacto das obras de alargamento. São rotas alternativas que já existem e podem ser uma boa opção. São as mesmas rotas divulgadas pelo poder público ainda para o feriado da Semana Santa. Quem fez uso em abril, poderá utilizá-los novamente.

BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
Nos dias normais têm sido assim: pela manhã, são pelo menos três quilômetros de retenção no sentido interior-capital. E à tarde, já a partir das 15h, cenário semelhante é visto no sentido contrário - BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM


Confira as sugestões do Departamento de Estradas de Rodagem (DER-PE) :

*Quem sai da Zona Norte do Grande Recife:

Seguir pela PE-005 - a Avenida Belmino Correia, a principal de Camaragibe -, depois pegar o Ramal da Copa e, em seguida, a BR-408. De lá, retornar para a BR-232 na altura dos Curados, no limite do Recife com Jaboatão dos Guarapes.

* Quem sai da Zona Sul do Grande Recife:

Seguir pela BR-101 na direção da Zona da Mata Sul e entrar na PE-063, no sentido do município de Primavera. Após a cidade de Amaraji, pegar a PE-071, até chegar ao entroncamento com a BR-232, em Chã Grande (próximo a Gravatá). 

O alargamento da BR-232 prevê a requalificação do pavimento em placa de concreto na pista principal e asfalto nas marginais, construção de três passarelas, de um novo sistema de drenagem, implantação de retornos, realocação e o redimensionamento das paradas de ônibus existentes, implantação de ciclovia e calçadas em concreto, paisagismo, iluminação pública em LED e sinalização viária horizontal e vertical.

Segundo a Seinfra, o alargamento garantirá o acréscimo de 33% na capacidade viária da rodovia. E essa ampliação significará uma redução do tempo de viagem de uma hora para 25 minutos nos horários de pico - queda de 58% na duração do trajeto dos quase 6,8 quilômetros.

GUGA MATOS/JC IMAGEM
Obras na BR 232 - Obras - 232 - BR 232 - Trabalhadores - Máquinas - Ambulantes - Desapropriação - Carros - GUGA MATOS/JC IMAGEM


NOVA ROTA PARA A BR-232

Desde a Semana Santa 2022, os motoristas contam com uma nova rota alternativa para fugir do estrangulamento provocado pelas obras de alargamento da BR-232 na saída do Recife.



A Prefeitura de Jaboatão dos Guararapes entregou uma nova via de acesso à rodovia com a intenção de que ela seja uma opção para quem se dirige ao Agreste pernambucano.

É a Avenida Adelina Lacerda Beltrão, uma conexão que começa em Jaboatão Centro e chega à rodovia federal na altura do município de Moreno, também na Região Metropolitana do Recife.

A via tem 2,5 km de extensão, com início na PE-07 (em Jaboatão Centro), e vai até a BR-232, nas proximidades da divisa com Moreno. Representa um investimento de R$ 8 milhões.

BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
Quem não quiser se arriscar utilizando a BR-232 para sair do Recife tem outros caminhos para chegar à rodovia no trecho que não sofre impacto das obras de alargamento - BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM


DICAS

A dica é para que os motoristas que saem do Recife, por exemplo, acessem a Avenida José Rufino (bairros de Afogados e Areias, na Zona Oeste da capital) e sigam por Cavaleiro, até chegar em Jaboatão Centro e acessar a nova via.

Já os condutores que saem do interior devem entrar na Avenida Adelina Lacerda Beltrão, no acesso ao condomínio Alphaville, e seguir até a PE-07.

ARTES JC
BR 232 - ARTES JC



LITORAL SUL

Esquemas para facilitar a circulação dos veículos que se dirigem ao Litoral Sul no feriado de São João também foram montados pelo Grupo Monte Rodovias, que administra as duas rodovias pedagiadas do Estado.

Entre os dias 22 e 26 de junho, a previsão é que mais de 83 mil veículos passem pelas rodovias com destino ao Litoral Sul, principal destino turístico do Estado. Sendo 28 mil pelo Sistema Viário do Paiva, administrado pela Rota dos Coqueiros, e 55 mil pelo Complexo Viário de Suape, sob gestão da Rota do Atlântico.

Para evitar os horários de pico, antes de pegar a estrada os condutores podem conferir o movimento através das imagens em tempo real disponíveis nos sites www.rotadoatlantico.com.br e www.rotadoscoqueiros.com.br.

Lembrando que as tarifas de pedágio das Rota dos Coqueiros foi reajustada recentemente.

Comentários

Últimas notícias