PANDEMIA

Em Pernambuco, demanda por leitos de UTI para crianças com Srag aumenta; 84% das vagas estão ocupadas

Nessa terça-feira (9), dos 31 leitos existentes, apenas cinco estão disponíveis

Vanessa Moura
Vanessa Moura
Publicado em 10/03/2021 às 9:47
Notícia
FREEPIK/BANCO DE IMAGENS
Diante deste cenário, o Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (IMIP), anunciou a abertura "em caráter de urgência" de uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) pediátrica - FOTO: FREEPIK/BANCO DE IMAGENS
Leitura:

Com o sistema público de saúde de Pernambuco no limite, a demanda por leitos de UTI para pacientes com Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) também tem sido grande na pediatria. A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) informou que 84% dos leitos de unidade de terapia intensiva para crianças com sintomas respiratórios graves estão ocupados. A Srag pode ser ocasionada tanto pela covid-19 como por outras doenças. Nessa terça-feira (9), dos 31 leitos existentes, apenas cinco estavam disponíveis.

Diante deste cenário, o Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (IMIP), localizado na Boa Vista, Centro do Recife, anunciou a abertura "em caráter de urgência" de uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) pediátrica.

Não há detalhes sobre quando as novas vagas serão abertas, nem sobre quantas são, mas os médicos que quiserem compor a equipe poderão se cadastrar o currículo no site do Imip. Dúvidas sobre a seleção podem ser tiradas por meio do telefone (81) 2122-4178.

Nessa terça-feira (9) a taxa de ocupação dos leitos de UTI na rede pública de saúde para todas as faixas etárias era de 95%. Já na rede privada, a taxa estava em 91%. De acordo com o governador Paulo Câmara, mais 90 leitos de terapia intensiva devem ser abertos no Estado até a próxima sexta-feira (12).

"Nos últimos dez dias, abrimos 106 leitos de UTI em Pernambuco. Até a próxima sexta, outros 90 novos leitos devem entrar em operação. Continuamos aumentando nossa capacidade de atendimento e analisando os números da pandemia, dia a dia", escreveu Paulo Câmara no Twitter. 

No domingo (7), havia 1.057 leitos em todo o Estado - sendo 95% a taxa média de ocupação. Na segunda-feira (8), o número subiu para 1.068, mas a taxa permaneceu com o mesmo resultado, ou seja, mais internações foram registradas.

Ao contrário do que ocorria nos primeiros meses da pandemia, neste momento muitas vagas estão sendo ocupadas pelos mais jovens com quadro de Srag, forma mais grave da covid-19. A informação foi divulgada pelo presidente do Sindicato dos Hospitais, Clínicas, Casas de Saúde e Hospitais de Pernambuco, George Trigueiro, na semana passada. 

Boletim

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) confirmou nessa terça-feira (9) 17 novos óbitos em decorrência da covid-19. Levando em consideração os registros da última semana, Pernambuco tem confirmado em média 28 mortes por dia. O número representa um aumento de 16% na média móvel de óbitos. Essa é a primeira vez em 15 dias que o indicador registrou tendência de alta.

A média móvel é calculada pela soma de registros da última semana dividido por sete. É considerada tendência de alta ou queda quando a variação é superior a 15%, para baixo ou para cima. Esta é a maneira mais eficaz de medir o avanço da pandemia. De acordo com a SES-PE, as mortes registradas nesta terça ocorreram entre os dias 31 de maio de 2020 e 07 de março. Até esta terça, Pernambuco já perdeu 11.224 vidas para a doença.

Novos 1.319 casos da covid-19 também foram registrados nesta terça-feira (9). Entre as confirmações, 35 dos casos, ou 2,7% do total, são de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e costumam demandar por internação hospitalar. Os outros 1.284 casos, 97,3% do total, foram considerados leves.

No Estado, a média de confirmações diárias está em 1.220, o que significa uma queda de 11% em comparação com os números registrados há 14 dias. Até essa terça, Pernambuco já confirmou 309.976 casos da doença, sendo 33.114 graves e 276.862 leves.

Comentários

Últimas notícias