pandemia

Pernambuco registra 1.202 novos casos de covid-19 e mantém estabilidade com altos números na pandemia

Entre os confirmados nesta quinta, 74 (6%) são casos de pessoas que desenvolveram Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e outros 1.128 (94%) são caso leves

Bruna Oliveira
Bruna Oliveira
Publicado em 22/04/2021 às 13:17
Notícia
LUIS ROBAYO/AFP
Pernambuco agora tem o total de 389.709 pessoas infectadas pela covid-19 - FOTO: LUIS ROBAYO/AFP
Leitura:

Apesar da média móvel diária - que leva em consideração os números dos últimos sete dias - de casos da covid-19  apresentar estabilidade nas últimas semanas, a quantidade de pessoas infectadas pelo novo coronavírus ainda é alta em Pernambuco. Em boletim divulgado nesta quinta-feira (22), a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) confirmou mais 1.202 casos, que fez com que o Estado alcançasse uma média móvel em 1.818, com uma estabilidade relativa à variação de 3%.

A média móvel é considerada a melhor forma de medir o comportamento da pandemia. Ela contabiliza a média dos últimos sete dias (contando com hoje) e compara com 14 dias atrás. Variações acima de 15%, seja para mais ou menos, indicam tendência de alta ou queda, respectivamente. Já abaixo disso, indica estabilidade.

Entre os confirmados nesta quinta, 74 (6%) são casos de pessoas que desenvolveram Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e outros 1.128 (94%) são caso leves. Com os novos dados divulgados pela SES-PE, Pernambuco agora tem o total de 389.709 pessoas infectadas pela covid-19, desde o início da pandemia. Desses, 39.168 foram diagnosticados como graves e 350.541 leves.

Sobre os números diários da pandemia, os quatro maiores, desde que o vírus começou a circular no Estado, foram registrados em abril.  O recorde diário de maior quantidade de casos, por exemplo, pertence ao dia 1º, quando a SES-PE confirmou 2.987 casos. Já o segundo maior número, foi registrado no dia 7, com a testagem positiva de 2.965 pessoas. No dia 8, Pernambuco alcançou a terceira maior marca, com 2.843 casos. Por fim, nessa terça-feira (22), o Estado alcançou a quarta maior marca, com  2.843 casos.

Ao anunciar, nesta quinta-feira, que irá estender as atuais restrições do Plano de Convivência com a Covid-19 até o dia 9 de maio, o governador do Estado, Paulo Câmara, apresentou como motivo da decisão os altos dados da pandemia. "Os números das últimas três semanas mostram uma estabilização de casos, óbitos e internações, mas ainda num patamar alto", declarou.

Óbitos

Nesta quinta, a SES-PE também confirmou novos 45 óbitos causados por complicações da covid-19. As mortes ocorreram entre os os dias 1º de novembro de 2020 até essa quarta-feira (21). Agora, Pernambuco tem 13.425 vidas perdidas para o coronavírus. Os detalhes epidemiológicos serão repassados ao longo do dia pela Secretaria.

A média móvel diária de mortes alcançada pelo Estado, portanto, foi de 53 mortes pela covid-19, número que apresenta uma estabilidade em -4%.

Comentários

Últimas notícias