CORES E SABORES

Praia dos Carneiros: voe sobre a água com o flyboard

O voo de flyboard em Tamandaré tem conquistado os turistas. Confira na reportagem do programa Cores e Sabores.

Leonardo Vasconcelos
Leonardo Vasconcelos
Publicado em 26/07/2021 às 7:30
Notícia
Berg Alves / Especial para JC Imagem
O esporte é a junção do jet ski, uma prancha e pura adrenalina. - FOTO: Berg Alves / Especial para JC Imagem
Leitura:

A Praia dos Carneiros, no município de Tamandaré, no Litoral Sul de Pernambuco, a cerca de 100 quilômetros do Recife, é uma das mais bonitas e conhecidas do Brasil. Não à toa. A fama se justifica pela grande quantidade de atrativos espalhados pelos seus cinco paradisíacos quilômetros de extensão.

Areias claras, coqueiros, águas transparentes, piscinas naturais, peixes coloridos... Tudo perfeito para quem busca descanso e calmaria. Mas também para quem procura adrenalina e aventura. Foi isso que constatou o Programa Cores e Sabores, especial sobre turismo exibido pela TV Jornal, que conferiu como é a experiência radical de voar no flyboard sobre esse pedaço de paraíso. Confira o vídeo no final deste texto.

Voo de flyboard

No mar de tranquilidade da Praia dos Carneiros encontramos uma onda de agitação. Ondas que vêm de uma máquina voadora no meio da água que, quem diria, consegue atrair olhares dos turistas, tanto quanto as belezas naturais da região. Afinal não é sempre que se veem pessoas planando sobre o mar, como se fossem super-heróis.

Inclusive foi inspirado em um super-herói que o piloto francês campeão mundial de jet ski Franky Zapatta inventou o flyboard em 2011. Tomando como base os movimentos do Homem de Ferro, ele criou o equipamento que é constituído basicamente por uma prancha com propulsores que funcionam com a água ejetada pela moto aquática. Simples? Nem tanto, principalmente na hora da prática, mas claro que topamos o desafio.

O jet ski até que parece normal. E é. O que muda basicamente é a mangueira acoplada à parte do motor responsável por impulsionar a moto aquática. Na outra ponta da mangueira fica a bota que você calça. Ou seja, a partir do momento em que a coloca você passa a comandar a direção para onde a moto vai.

À medida em que o piloto do jet ski acelera, os jatos de água começam a ser vertidos dos propulsores nas botas. Então basta se manter de pé com a água na altura do peito para ter início a decolagem. Em frações de segundos, o seu corpo já está fora da água. É neste momento que as instruções dadas em terra fazem todo sentido. É preciso deixar as pernas firmes levemente flexionadas, travar o abdômen com o corpo reto.

O segredo é manter o equilíbrio. Como não há onde segurar, os braços são importantes para ajudar no contrapeso. O flyboard é um equipamento bem intuitivo. Nem se preocupe. Os tombos no início são inevitáveis. O colete salva-vidas garante a segurança. Nas tentativas seguintes você já vai ganhando mais confiança e consequentemente altura, podendo chegar a quase incríveis oito metros.

É indescritível a sensação de liberdade proporcionada lá do alto, acompanhada de uma visão privilegiada da praia a partir do mar. De fato, a pessoa se sente um super-herói. A atividade, que dura cerca de 30 minutos no total desde as instruções, é oferecida diariamente pela equipe do @praiadoscarneirosflyboard e custa entre R$150 e R$200 (valores de junho de 2021).

Cores e Sabores de Tamandaré: confira reportagem sobre o voo de flyboard na Praia dos Carneiros

Confira outros conteúdos sobre Tamandaré e Carneiros:

Comentários

Últimas notícias