PROCESSO SELETIVO

Concurso da Polícia Penal de Pernambuco: governo publica edital para certame com 200 vagas e salários de R$ 3,9 mil

O concurso será organizado pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe)

Marcelo Aprígio
Marcelo Aprígio
Publicado em 29/12/2021 às 8:03
Ray Evllyn/SJDH
Polícia Penal de Pernambuco - FOTO: Ray Evllyn/SJDH
Leitura:

A Secretaria de Justiça e Direitos Humanos do Estado publicou, nesta quarta-feira (29), no Diário Oficial, o edital para o concurso público da Polícia Penal de Pernambuco, após uma longa espera. Ao todo, estão abertas 200 vagas, além da formação de cadastro reserva. Os salários iniciais chegam a R$ 3,9 mil, para 40 horas semanais

Organizado pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), o concurso reservará 5% das vagas para pessoas com deficiência. Assim, serão 189 oportunidades para ampla concorrência, sendo 175 para homens e 14 para mulheres, além de 11 vagas para PcDs, das quais 10 são destinadas a homens e uma a mulheres.

Inscrições

Para participar do certame da corporação, que foi instituída em Pernambuco em 2020, após a aprovação de uma lei pela Assembleia Legislativa (Alepe), é necessário se inscrever a partir do dia 5 de janeiro de 2022, por meio do site do Cebraspe. A taxa de participação custa R$ 180. As inscrições seguirão até o dia 4 de fevereiro de 2022, mas o pagamento da taxa de participação deverá ser realizado até o dia 24.

Membros de família de baixa renda, inscritos no CadÚnico; pessoas com deficiência, ou doadores de sangue ou medula óssea; doador de livros ao “Banco do Livro” do Estado de Pernambuco; egressos do ensino médio ou técnico concluído em instituição pública de ensino há menos de três anos da data de publicação do edital poderão pedir isenção do valor da taxa de inscrição. Essa solicitação deverá ser feita no site do Cebraspe, de 5 de janeiro a 4 de fevereiro.

O resultado preliminar da análise dos pedidos de isenção de taxa de inscrição será divulgado no dia 14 de fevereiro de 2022, cabendo recursos nos dias 15 e 16 do mesmo mês. O resultado definitivo das solicitações de isenção está programado para sair até 23 de fevereiro de 2022.

Provas

Os candidatos às vagas ofertadas no certame serão avaliados por meio de provas objetivas e discursivas, marcadas para 10 de abril de 2022. Os exames serão aplicados no Recife, em Caruaru, no Agreste, e em Petrolina, no Sertão, podendo ser realizados em cidades circunvizinhas, caso haja necessidade.

As provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório, valerão 75,00 pontos e abrangerão os objetos de avaliação constantes do item 20 do edital. As questões das provas objetivas serão do tipo múltipla escolha, com cinco opções (A, B, C, D e E), sendo uma única resposta correta, de acordo com o comando da questão.

Haverá, na folha de respostas, para cada questão, cinco campos de marcação: um campo para cada uma das cinco opções A, B, C, D e E, devendo o candidato preencher o campo correspondente à resposta considerada por ele correta, de acordo com o comando da questão.

As provas objetivas e discursiva, para todos os candidatos, valerão 25,00 pontos e consistirão da redação de texto dissertativo, de até 30 linhas, a respeito de tema de atualidades, relacionado à segurança prisional nacional e direitos humanos.

Comentários

Últimas notícias