oportunidade

Petrobras abre mais de 300 vagas para seleção de jovens aprendizes

Aprovados terão direito a um salário mínimo e terão benefícios como 13º salário, férias e vale-transporte

Bruna Oliveira
Bruna Oliveira
Publicado em 26/05/2021 às 16:34
Notícia
REPRODUÇÃO/SITE PETROBRAS
Interessados em participar do programa Jovem Aprendiz da Petrobras devem fazer inscrição até o dia 28 de maio - FOTO: REPRODUÇÃO/SITE PETROBRAS
Leitura:

A Petrobras está com inscrições abertas para o segundo ciclo do Programa Petrobras Aprendiz. Ao todo, estão sendo oferecidas 335 vagas, que serão distribuídas entre os municípios de Fortaleza (CE); São Luís (MA); Betim e Ibirité (MG), Três Lagoas (MS); Angra dos Reis, Duque de Caxias, Itaboraí, Macaé, Rio de Janeiro e Seropédica (RJ); Porto Alegre (RS) e São José dos Campos (SP), além de Brasília (DF). Interessados devem se inscrever por meio do site do programa até esta sexta-feira (28).

Para participar do processo seletivo, é necessário que o candidato tenha entre 14 e 22 anos e 11 meses completos, além de estar cursando a partir do 5º ano do Ensino Fundamental ou ter concluído o Ensino Médio. Outros requisitos podem ser conferidos no edital do programa. 

Os selecionados poderão fazer cursos profissionalizantes nas áreas de assistente de logística, operador de inspeção de qualidade, assistente administrativo, operador de suporte técnico em TI, mecânico de manutenção, pedreiro de edificações e encanador predial.

Com jornada de trabalho de 4 horas diárias, de segunda a sexta-feira, durante um ano, os aprovados terão registro do contrato especial de aprendizagem na Carteira de Trabalho e Previdência Social dos jovens realizado pela Petrobras. Os jovens aprendizes terão direito a um salário mínimo e terão benefícios como 13º salário, férias e vale-transporte. Fica a critério do selecionado optar pelo plano de previdência complementar.

Os jovens aprendizes receberão aulas de capacitação e desenvolverão atividades de prática profissional no Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e também farão visitas técnicas às instalações da Petrobras.

 

Comentários

Últimas notícias