Números

Em primeiro dia útil, índice de isolamento social cai nos cinco municípios que estão com lockdown em Pernambuco veja ranking

Recife, Olinda, Camaragibe, São Lourenço da Mata e Jaboatão dos Guararapes estão com isolamento mais rigoroso desde o último sábado (16)

JC
JC
Publicado em 19/05/2020 às 8:59
Notícia
JAILTON JÚNIOR/JC IMAGEM
Centro de Jaboatão dos Guararapes na manhã desta terça-feira (19) - FOTO: JAILTON JÚNIOR/JC IMAGEM
Leitura:

No primeiro dia útil de lockdown - quarentena mais rígida para conter o avanço do novo coronavírus - o índice de isolamento social sofreu uma queda nos cinco municípios de Pernambuco (Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, São Lourenço e Camaragibe) que estão previstos no decreto. O média geral do Estado também recuou em comparação aos dois primeiros dias da quarentena - sábado (16) e domingo (17). 

Enquanto no último domingo o índice de isolamento social nas cinco cidades esteve na casa dos 60%, na segunda-feira (18) os indicadores estavam na faixa dos 50%. A redução é natural, visto que em dias úteis mais pessoas precisam se deslocar, mesmo que para atuar naqueles considerados serviços essenciais. 

No entanto, se comparados aos índices da última segunda-feira sem lockdown, dia 11 de maio, com a primeira segunda-feira com restrições mais rígidas, nota-se um pequeno crescimento do isolamento social nas cinco cidades previstas no decreto, e na própria média estadual. Os dados são divulgados no Painel Índice de Isolamento Social do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), feito em parceria com a empresa de tecnologia In Loco e podem ser conferidos pelos cidadãos.

Nesta segunda-feira, terceiro dia de proibição da circulação de pessoas e veículos - com exceção das que prestam atividades essenciais -, Recife registrou 55,5% de isolamento, Olinda ficou em 55,4%, enquanto que Camaragibe, São Lourenço da Mata e Jaboatão dos Guararapes registraram 52,5%, 51,8% e 52,2% respectivamente. Autoridades de saúde afirmam que a taxa ideal de adesão ao isolamento é 70%. Ou seja, nenhuma cidade pernambucana alcançou a meta.

Cidades Dia 11.05 Dia 18.05
Recife 51,4% 55,5%
Olinda 50,9% 55,4%
Jaboatão dos Guararapes 48% 52,2%
Camaragibe 49% 52,5%
São Lourenço da Mata 47,5% 51,8%

 

Com o tímido crescimento no isolamento social neste período de quarentena rígida, em relação aos dias sem lockdown, alçou Pernambuco para o segundo colocado entre os Estados brasileiros. No último dia 11, o índice pernambucano estava em 47,3%. Já nesta segunda-feira (18) o indicador ficou em 49,8%. Agora o Estado fica atrás apenas do Acre, onde o índice de isolamento está em 50%.

Já com relação à redução dos índices, quando comparados ao primeiro fim de semana da quarentena, o secretário de Defesa Social de Pernambuco (SDS-PE), Antônio de Pádua, relatou que o esquema de fiscalização está sendo ampliado de acordo com o que vem sendo encontrado nas ruas. "Importante a gente deixar claro que temos que comparar segunda com segunda. Não dá para comparar com domingo, quando já há redução natural da circulação de pessoas. Estamos trabalhando incansavelmente para fiscalização de documentos e verificar se essas pessoas têm necessidade de circular", disse, em entrevista à TV Jornal.

JAILTON JÚNIOR/JC IMAGEM
Centro de Jaboatão dos Guararapes na manhã desta terça-feira (19) - JAILTON JÚNIOR/JC IMAGEM
JAILTON JÚNIOR/JC IMAGEM
Centro de Jaboatão dos Guararapes na manhã desta terça-feira (19) - JAILTON JÚNIOR/JC IMAGEM
JAILTON JÚNIOR/JC IMAGEM
Centro de Jaboatão dos Guararapes na manhã desta terça-feira (19) - JAILTON JÚNIOR/JC IMAGEM
JAILTON JÚNIOR/JC IMAGEM
Centro de Jaboatão dos Guararapes na manhã desta terça-feira (19) - JAILTON JÚNIOR/JC IMAGEM
JAILTON JÚNIOR/JC IMAGEM
Centro de Jaboatão dos Guararapes na manhã desta terça-feira (19) - JAILTON JÚNIOR/JC IMAGEM
JAILTON JÚNIOR/JC IMAGEM
Centro de Jaboatão dos Guararapes na manhã desta terça-feira (19) - JAILTON JÚNIOR/JC IMAGEM
JAILTON JÚNIOR/JC IMAGEM
Centro de Jaboatão dos Guararapes na manhã desta terça-feira (19) - JAILTON JÚNIOR/JC IMAGEM
JAILTON JÚNIOR/JC IMAGEM
Centro de Jaboatão dos Guararapes na manhã desta terça-feira (19) - JAILTON JÚNIOR/JC IMAGEM
JAILTON JÚNIOR/JC IMAGEM
Centro de Jaboatão dos Guararapes na manhã desta terça-feira (19) - JAILTON JÚNIOR/JC IMAGEM
JAILTON JÚNIOR/JC IMAGEM
Centro de Jaboatão dos Guararapes na manhã desta terça-feira (19) - JAILTON JÚNIOR/JC IMAGEM
JAILTON JÚNIOR/JC IMAGEM
Centro de Jaboatão dos Guararapes na manhã desta terça-feira (19) - JAILTON JÚNIOR/JC IMAGEM
JAILTON JÚNIOR/JC IMAGEM
Centro de Jaboatão dos Guararapes na manhã desta terça-feira (19) - JAILTON JÚNIOR/JC IMAGEM

Os mais reclusos

Dos municípios cobertos pelo Decreto Estadual nº 49.017/2020, assinado no início da semana e com validade até o dia 31 de maio, apenas Recife, Olinda e Camaragibe constaram entre as cinco cidades mais reclusas nessa segunda. A Ilha de Itamaracá e Paulista ganharam o 3º e 5º lugar, respectivamente, desbancando Jaboatão dos Guararapes (6º) e São Lourenço da Mata (7º).

O local que menos esteve em isolamento nessa segunda-feira foi a Ilha de Fernando de Noronha, com 22,2%. A região zerou a quantidade de casos do coronavírus conforme apresentado em boletim na sexta-feira (8). Outros municípios que menos respeitaram o isolamento foram Tuparetama (29,5%), Lajedo (35%), Solidão (35,8%) e Palmeirina (36%).

Para analisar o painel completo de isolamento social em Pernambuco basta clicar aqui.

Ranking:

As 10 cidades com maior índice de isolamento social

  1. Recife 55,5%
  2. Olinda 55,4%
  3. Ilha de Itamaracá 53,3%
  4. Camaragibe 52,5%
  5. Paulista 52,3%
  6. Jaboatão dos Guararapes 52,2%
  7. São Lourenço da Mata 51,8%
  8. Carnaubeira da Penha 51,1%
  9. Salgadinho 50,8%
  10. Caruaru 50,6%

As 10 cidades com pior índice de isolamento social

  1. Fernando de Noronha 22,2%
  2. Tuparetama 29,5%
  3. Lajedo 35%
  4. Solidão 35,8%
  5. Palmeirina 36%
  6. Chã de Alegria 36,1%
  7. Tabira 36,4%
  8. Machados 36,7%
  9. Vertente do Lério 36,9%
  10. Afogados da Ingazeira 37,2%

Veja como funciona o decreto

Entre os dias 16 e 31 de maio, o rodízio de veículos vai separar as placas terminadas em números pares (circulam nos dias pares) ou ímpares (circulam nos dia ímpares), além da implantação de pontos de controles móveis entre os cinco municípios. Não serão aplicadas multas de trânsito. Os motoristas que desobedecerem à regra, num primeiro momento, serão orientados a voltar para casa. Se insistirem, terão veículo apreendido. Se a desobediência continuar por parte do condutor, as forças policiais poderão ser empregadas, com condução do motorista a uma delegacia. Só poderão circular veículos com até três pessoas, incluindo o motorista, com exceção de socorro médico, por exemplo. 

As exceções, ou seja, quem tem livre circulação, são os profissionais das áreas de saúde, segurança, defesa civil e de uso oficial, além de veículos de serviços essenciais, como distribuidoras de água e gás, energia, Correios, imprensa, alimentos, funerárias, coleta de lixo, obras, guinchos, ambulâncias, táxis, ônibus e motocicletas de entrega.

Para fiscalizar os condutores, serão ativados 34 pontos de fiscalização, sendo 16 em Recife, oito em Olinda e oito em Jaboatão dos Guararapes. Outros dois pontos vão ser instalados em Camaragibe (um) e São Lourenço da Mata (um). A fiscalização será feita em blitz. 

Veja categorias/serviços cujos veículos estão isentos do rodízio 

Artes JC
Veículos que serão isentos do rodízio em Pernambuco - Artes JC

Circulação de pessoas

Para circulação de pessoas, o governo exigirá a apresentação de documento de identificação, além de justificativa do destino e finalidade essencial para a saída. É recomendado às pessoas que precisam sair de casa, que se dirijam a estabelecimentos próximos a suas residências. O Governo do Estado informa também que serão feitas ações de fiscalização e fechamento de estabelecimentos comerciais nas comunidades, além de higienização de ruas e distribuição de kits de higiene. Também haverá entrega de material informativo com reforço da importância do isolamento social.

Obrigatoriedade do uso de máscaras

Todas as pessoas que circulam nas cinco cidades precisarão fazer uso obrigatório de máscaras. Pessoas sem o equipamento, que estiverem em vias públicas, serão orientadas a voltar para suas casas. Nos casos de estabelecimentos comerciais e transporte público, haverá autuação se for constatada a desobediência à nova medida.

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias