PACIÊNCIA

Presidente do Náutico pede calma com Kieza e cita Jorge Henrique como exemplo de volta por cima

Principal reforço do Náutico na temporada, Kieza ainda não desencantou em 2020

Lucas Holanda
Lucas Holanda
Publicado em 16/09/2020 às 15:13
Notícia

CAIO FALCÃO/NÁUTICO
Kieza ainda não desencantou em 2020. - FOTO: CAIO FALCÃO/NÁUTICO
Leitura:

O atacante Kieza chegou ao Náutico cercado de expectativas. No entanto, o camisa 9 alvirrubro não vem conseguindo ter o mesmo desempenho das duas passagem anteriores. Porém, mesmo rendendo abaixo do esperado, o presidente Edno Melo destacou que é importante ter calma, deixando de lado o imediatismo. Em entrevista ao comentarista Ralph de Carvalho, da Rádio Jornal, o mandatário do Timbu afirmou que o modelo de jogo adotado pelo ex-técnico Gilmar Dal Pozzo atrapalhava o atacante Kieza.

"Claro que entra (o custo benefício). A situação de Kieza: a maneira como a que o outro técnico jogava é totalmente diferente da que Gilson Kleina joga, com o time mais para frente, um time que ataca mais. Você vê que todo jogo está saindo gols de atacantes. Então eu acredito que o modelo de jogo anterior estava atrapalhando um pouco o desempenho de Kieza", disse o presidente Edno Melo, que completa citando Jorge Henrique como um exemplo de volta por cima no Timbu, que outrora era criticado e hoje é um dos pilares do Náutico.

"Mas por outro lado você tem que ter cuidado com o imediatismo. Falavam isso de Jorge Henrique, que o custo benefício de Jorge Henrique não compensava. E Jorge hoje é titular absoluto e ninguém pede a cabeça dele. Muito pelo contrário. Hoje é um pilar do time. Então temos que ter cuidado com esse imediatismo. E também temos que ter cuidado com o que falei no começo da entrevista. Começam as críticas, você bota para fora de todo jeito e gera um passivo. Então estamos tendo esse cuidado para que não acumule mais causas do que já têm", explicou o presidente alvirrubro.

Kieza, inclusive, ainda não atuou com o técnico Gilson Kleina. No entanto, o jogador está recuperado da lesão e está à disposição do comandante para o duelo desta sexta-feira, diante da Chapecoense, nos Aflitos. Durante esse período, o centroavante foi flagrado em uma festa particular, sem a presença de máscaras e com aglomeração, o que resultou numa semana de isolamento e sem treinar. Em seguida, testou negativo para a covid-19, está treinando e deve ser relacionado para o confronto contra a Chapecoense.

Na Série B, Kieza tem um gol em dois jogos. No total, o atacante coleciona quatro tentos em 12 partidas pelo Timbu na temporada, ainda sem render o esperado.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias