POLÍCIA

Dupla é detida suspeita de participação na morte de cobrador de ônibus em Jaboatão

O cobrador Gilson Pereira da Silva, 50 anos, foi morto durante assalto a ônibus na Estrada de Muribeca, nessa segunda-feira (15)

JC
JC
Publicado em 17/06/2020 às 21:32
Notícia
REPRODUÇÃO DE VÍDEO/TV JORNAL
Dentro do ônibus, o cobrador foi baleado na altura do peito - FOTO: REPRODUÇÃO DE VÍDEO/TV JORNAL
Leitura:

Policiais civil e militares apreenderam um adolescente de 17 anos e prenderam uma jovem de 19, nesta quarta-feira (17), por suspeita de participação na morte do cobrador de ônibus Gilson Pereira da Silva, 50 anos, nessa segunda-feira (15), em Jaboatão dos Guararapes, Região Metropolitana do Recife (RMR).

>> Após morte de cobrador, rodoviários protestam por mais segurança e por 100% da frota nas ruas

De acordo com o delegado Fábio Lacerda, da 13ª Delegacia de Homicídios, em Prazeres, a integração entre as polícias Civil e Militar foi fundamental para encontrar o casal. "De manhã, a Polícia Civil chegou ao menor, que foi quem atirou. No começo da tarde, foi encontrada a maior, que estava com ele no momento do crime. Isso tudo foi possível graças ao trabalho integrado da Polícia Civil e Polícia Militar e, principalmente, pelo apoio da população. Recebemos várias denúncias desde que as imagens foram divulgadas", relatou à TV Jornal.

Segundo a Polícia Militar, através de imagens coletadas, foi possível localizar a mãe da suspeita, que mora em Nazaré da Mata. Ela foi procurada e deu pistas que levaram os policiais localizar ao esconderijo da jovem, na comunidade Vila Piedade, em Santana, Jaboatão dos Guararapes. O adolescente de 17 anos foi apreendido na mesma cidade após o pai indicar sua localização.

Relembre o caso

O crime ocorreu dentro de um ônibus que fazia a linha Jaboatão/Suassuna/Piedade, na noite dessa segunda-feira (15). Segundo o motorista, o coletivo seguia na Estrada da Muribeca, sentido Prazeres, quando a dupla entrou, pagando passagem. Minutos depois, os dois anunciaram o assalto e se aproximaram do cobrador Gilson Pereira da Silva, 50 anos.

Em meio a ameaças, Gilson foi atingido por um tiro na altura do peito. Em seguida, a dupla fugiu levando a renda do coletivo.

O cobrador chegou a ser levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Engenho Velho, em Jaboatão, mas não resistiu. Aproximadamente dez passageiros estão no ônibus no momento do crime, mas nenhum ficou ferido.

 

Comentários

Últimas notícias