VIOLÊNCIA

Suspeito de matar o próprio pai de 80 anos a pauladas na Zona da Mata de Pernambuco é preso

Crime aconteceu nesse domingo (10) na cidade de Timbaúba

JC
JC
Publicado em 11/01/2021 às 9:08
Notícia

FREEPIK/BANCO DE IMAGENS
O idoso, de 81 anos, não resistiu à violência - FOTO: FREEPIK/BANCO DE IMAGENS
Leitura:

Um homem de 48 anos foi preso em flagrante por suspeita de ter matado o próprio pai, um idoso de 80 anos, a pauladas e pedradas dentro de casa no Alto Santa Terezinha, na Zona Rural do município de Timbaúba, na Zona da Mata de Pernambuco, na madrugada desse domingo (10).

Segundo as investigações, o filho estaria bêbado e chegou a quebrar muitos móveis da casa. Em seguida, teria agredido o próprio pai, que não resistiu à violência.

Segundo a Polícia Civil, uma guarnição do 2º Batalhão da Polícia Militar conseguiu efetuar a prisão do suspeito, que já havia fugido do local. Uma equipe da Força Tarefa e do Instituto de Criminalística compareceu à residência.

O autuado foi levado para a Delegacia de Goiana e será apresentado em audiência de custódia.

Homicídios em Pernambuco

A coluna Ronda JC trouxe, em dezembro, que Pernambuco conseguiu uma tímida redução no número de homicídios em novembro de 2020. De acordo com balanço divulgado pela Secretaria de Defesa Social (SDS), nesta terça-feira (15), 293 pessoas foram assassinadas. Sete a menos do que no mesmo período de 2019. A redução foi de 2,3%. Apesar disso, no acumulado dos onze primeiros meses, o Estado já registra um aumento de 9% em relação a 2019. A meta do Pacto pela Vida é de redução anual de 12%.

Segundo a SDS, a Zona da Mata de Pernambuco foi a região que apresentou maior índice de queda no número de homicídios em novembro. No total, 56 pessoas foram mortas. Foram 17 a menos na comparação com o penúltimo mês de 2019. A queda foi de 23,29%.

O Sertão e a Região Metropolitana também verificaram redução, de 6,82% e 3,75%, respectivamente. Nos municípios sertanejos, os casos caíram de 44 para 41, enquanto nos da RMR passaram de 80 para 77.

Já no Agreste, foram 75 vítimas, contra 71 no mesmo mês no ano passado (aumento de 5,63%). No Recife também aconteceram mais homicídios em novembro, com 44 casos (contra 32 em 2019).

Se for feita uma comparação entre os números de novembro e outubro no Estado, observa-se uma tendência de queda - já que no mês passado houve o registro de 40 mortes a menos. No entanto, para ser mais fiel à análise dos dados, o comparativo sempre é feito em relação ao ano anterior.

Comentários

Últimas notícias