Covid-19

Prefeituras da RMR fiscalizam movimentação nas praias no domingo (17)

Em Olinda, foram sete abordagens para retirada de aparelhos de som. No Recife, 12 barraqueiros foram notificados por falta de álcool em gel e distanciamento mínimo entre cadeiras

Luisa Farias
Luisa Farias
Publicado em 17/01/2021 às 20:49
Notícia

Divulgação/Prefeitura de Jaboatão
Fiscalização das praias de Jaboatão dos Guararapes - FOTO: Divulgação/Prefeitura de Jaboatão
Leitura:

No primeiro final de semana após o Governo de Pernambuco ameaçar o fechamento das praias do estado no caso de aglomerações, nos principais municípios do litoral do estado houve fiscalização das prefeituras para garantir o cumprimento do decreto estadual que proibiu o uso de som bares, lanchonetes, restaurantes e estabelecimentos similares no período de 15 de janeiro a 15 de fevereiro. Neste domingo (17), Pernambuco totaliza 241.087 casos de covid e 10.020 mortes pela doença desde o início da pandemia.

>> Governo de Pernambuco determinará fechamento de praias na próxima semana se houver novas aglomerações

>> Após ameaça do governo de fechamento, veja como será a fiscalização em praias de Pernambuco no fim de semana

A reportagem da TV Jornal percorreu no sábado (16) a orla dos municípios do Recife, Olinda e Jaboatão e registrou apenas um episódio em que uma banhista utilizava uma caixinha de som na praia de Boa Viagem, na Zona Sul do Recife.

Recife  

No Recife, ao longo de todo o final de semana, inspetores da Vigilância Sanitária fizeram a inspeção de 679 quiosques, barracas padronizadas e comércio ambulante na orla. Também distribuíram adesivos com QR code com orientações de prevenção da covid-19 para barraqueiros e comerciantes. Arte-educadores fizeram ações educativas alertando sobre os cuidados para evitar a infecção pela doença. 

A Diretoria de Controle Urbano (Dircon) notificou 12 barraqueiros. Desses, dois não possuíam álcool em gel e o restante não garantiu o distanciamento social mínimo entre as cadeiras. A Prefeitura também distribuiu máscaras para banhistas e trabalhadores. Ao todos, foram 150 profissionais envolvidos na fiscalização. 

Olinda

A Prefeitura de Olinda realizou no domingo (17) mais uma edição da operação integrada na orla do município. Guardas municipais, agentes do Controle Urbano, Policiais Militares da Ciatur e do 1º BPM fizeram a fiscalização das praias dos Milagres, Carmo, Bairro Novo e de Rio Doce.

Os agentes fizeram sete abordagens para retirada de aparelhos de som, mas nenhuma apreensão. Também participaram da operação 16 promotores de publicidade da Secretaria de Turismo e Lazer de Pernambuco, com um trabalho de conscientização da população para o uso de máscaras, distanciamento social, protocolos sanitários e proibição do uso de caixas de som. Foram distribuídas 700 máscaras descartáveis para a população que frequentava o calçadão, quiosques e bares da faixa de areia. 

A Secretaria de Segurança, Mobilidade e Defesa Civil do Paulista de Paulista realizou no domingo (17), a operação Praia Covid-19 para garantir o cumprimento do decreto estadual que proíbe som nas praias.  

Participaram da operação a Polícia Militar, Guarda Municipal, Companhia Municipal de Trânsito e Procon. Todos os 14Km da orla, entre a praia do Janga e Maria Farinha, foram percorridos. Os banhistas foram orientados sobre o uso de máscaras e os comerciantes sobre a proibição do uso de som, distanciamento entre as mesas e oferta de álcool a 70%. 

Ipojuca

Em Ipojuca, além do decreto estadual também vigora um municipal (nº 762/2021) que proíbe o funcionamento de bares, restaurantes e similares após as 23h, assinado pela prefeita Célia Sales (PTB). De acordo com a prefeitura, não houve registro de descumprimento do decreto no final de semana. 

Desde a última sexta-feira (8), a praia de Porto de Galinhas está sendo fiscalizada em três turnos. A operação envolve 12 secretariais municipais, a Vigilância Sanitária e o Procon municipal. Duas pessoas chegaram a ser conduzidas para a delegacia na semana passada por não suspenderem um min-show que estava sendo realizado na Vila de Porto. 

A Secretaria de Infraestrutura do município tem intensificado a limpeza de desinfecção das ruas com maior fluxo de pessoas. Já a Secretaria de Turismo e a Secretaria de Saúde permanecem com ações de conscientização sobre a pandemia e oferecimento de máscaras para quem é visto sem utilizá-las. 

Jaboatão

A Prefeitura de Jaboatão informou que não registrou nenhuma ocorrência na orla no final de semana. Ainda de acordo com o município, as orientações sobre distanciamento entre mesas e cadeiras e higienização de produtos estão sendo seguidas pelos barraqueiros. Já os banhistas foram orientados sobre o uso de máscaras.

Em todos os finais de semana atuam 120 agentes da Guarda Municipal, Grupamento de Apoio ao Meio Ambiente, Vigilância Ambiental, Vigilância Sanitária, Gerência de Fiscalização da Orla, Procon e Secretaria Executiva de Turismo, Cultura, Esportes e Lazer.

Divulgação/Prefeitura de Jaboatão
Fiscalização das praias de Jaboatão dos Guararapes - FOTO:Divulgação/Prefeitura de Jaboatão
Divulgação/Prefeitura de Jaboatão
Fiscalização das praias de Jaboatão dos Guararapes - FOTO:Divulgação/Prefeitura de Jaboatão
Divulgação/Prefeitura de Jaboatão
Fiscalização das praias de Jaboatão dos Guararapes - FOTO:Divulgação/Prefeitura de Jaboatão
Divulgação/Prefeitura de Ipojuca
Fiscalização das praias de Ipojuca - FOTO:Divulgação/Prefeitura de Ipojuca
Divulgação/Prefeitura de Ipojuca
Fiscalização das praias de Ipojuca - FOTO:Divulgação/Prefeitura de Ipojuca
Divulgação/Prefeitura de Ipojuca
Fiscalização das praias de Ipojuca - FOTO:Divulgação/Prefeitura de Ipojuca
Divulgação/Prefeitura de Ipojuca
Fiscalização das praias de Ipojuca - FOTO:Divulgação/Prefeitura de Ipojuca

Comentários

Últimas notícias