Meio Ambiente

CPRH aplica multa de R$ 131,5 mil a mineradora que operava ilegalmente em Igarassu, no Grande Recife

A atividade do empreendimento, que fazia a retirada de areia e descarte de óleo em ambiente inadequado, provocou uma degradação ambiental de, aproximadamente, 15 hectares

JC
JC
Publicado em 04/03/2021 às 10:36
Notícia
DIVULGAÇÃO/CPRH
Além da multa, o responsável pela mineradora também foi intimado a recuperar a área degradada que fica nas proximidades da praia de Mangue Seco - FOTO: DIVULGAÇÃO/CPRH
Leitura:

A Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH) aplicou multa de R$ 131,5 mil ao responsável pela mineradora que operava de maneira ilegal em uma Área de Preservação Ambiental (APP) em Igarassu, na Região Metropolitana do Recife. A atividade do empreendimento, que fazia a retirada de areia e descarte de óleo em ambiente inadequado, provocou uma degradação ambiental de, aproximadamente, 15 hectares.

Além da multa, o responsável pela mineradora também foi intimado a recuperar a área degradada, que fica nas proximidades da praia de Mangue Seco. A operação ilegal foi flagrada pela CPRH no dia 24 de fevereiro  quando uma equipe do órgão apurava denúncia de maus tratos e de caça de animais silvestres.

>> CPRH multa Prefeitura de Ipojuca em R$ 50 mil por vazamento de esgoto em Porto de Galinhas, no Litoral Sul

A ação do empreendimento estava sendo realizada sem licença ambiental da CPRH. De acordo com a Agência, a operação vinha causando impactos negativos ao meio ambiente pela derrubada de arvores, inclusive de espécies nativas da Mata Atlântica, e pelo descarte inadequado do óleo utilizado nas máquinas que trabalhavam no local.

Segundo os agentes ambientais da CPRH, o óleo inservível que estava sendo depositado próximo à área alagada pode acarretar na contaminação do solo e do lençol freático. 

No dia do flagrante foram apreendidos um caminhão e três máquinas que estavam operando no local. Na ocasião, a ação contou com o apoio de policiais militares da Companhia Independente de Policiamento do Meio Ambiente (Cipoma).

Comentários

Últimas notícias