Mulheres que fazem a diferença

Enfermeira Brenda Neiva enfrenta desafios cotidianos impostos pela covid-19

Apaixonada pela obstetrícia, profissional superou obstáculos para montar e coordenar UTI destinada a pacientes com a doença

JC
JC
Publicado em 18/03/2021 às 10:28
Notícia
Luisi Marques/JC Imagem
Enfermeira Brenda Neiva encontrou apoio em outras mulheres para conseguir contornar os desafios impostos pela covid-19 - FOTO: Luisi Marques/JC Imagem
Leitura:

O amor por crianças sempre nutriu o desejo da enfermeira Brenda Neiva, 36 anos, de ajudar outras mulheres na hora parto. Há cinco anos, ela atua no setor obstétrico do Hospital da Mulher do Recife, no bairro do Curado, acompanhando e cuidando de perto do nascimento de bebês e da recuperação de suas mães. No entanto, desde o início da pandemia da covid-19, ela se viu em um desafio ainda maior: coordenar 42 leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) de pacientes em tratamento contra a doença.

“Quando fui chamada para assumir esta coordenação, senti que o desafio em uma situação tão difícil aumenta o respeito à mulher. Sempre fui muito respeitada e fiz com que as pessoas também tivessem respeito por mim. Nunca deixei que alguém colocasse em dúvida a minha capacidade profissional por eu ser mulher e nem que isso viesse atrapalhar o meu desempenho diante da minha equipe ou diante de outros profissionais”, comenta.

Leia também:

>> Resistência marca trajetória de Mãe Beth de Oxum na cultura

>> Conheça Lílian Fonsêca, a voz feminina do Escrete de Ouro, da Rádio Jornal

>> Mirtes Ramos é destaque na Educação Infantil por inovar em sala de aula

Apesar das dificuldades, ela lembra que o seu apoio no combate ao novo coronavírus resultou em uma formação mais completa para sua trajetória profissional. Mais experiente, Brenda reforça ainda que, sem o apoio das colegas e da família, ela jamais teria suportado o turbilhão.

Luisi Marques/JC Imagem
Enfermeira Brenda Neiva encontrou apoio em outras mulheres para conseguir contornar os desafios impostos pela covid-19 - Luisi Marques/JC Imagem

“Contei muito com o suporte das minhas colegas de trabalho. A gente criou uma ligação ainda mais forte durante este período em que precisamos apoiar umas as outras. Minha família também foi primordial, levando comida na minha casa e me dando forças também”.

Leia também:

>> Protagonismo que faz a diferença: designer de moda Mércia Moura mudou a própria vida e a de mais de 300 mulheres

>> Carol Patrícia é exemplo e guia de transformação em Brasília Teimosa

>> Conheça Izabela Barbosa, a primeira mulher âncora do TV Jornal Notícias, em Caruaru

>> Determinação que faz a diferença: conheça a trajetória da empreendedora Eliane Melo

Durante as conversas em equipe, Brenda conta que sempre faz questão de dar forças às outras mulheres, mostrando que elas são capazes de enfrentar e vencer os desafios em qualquer âmbito da vida. “Luto para que elas sejam mais independentes, mais donas de suas vidas. Jamais podemos baixar a cabeça, porque nós podemos gerar outros seres e isso é uma dádiva. Nós podemos tudo”, finaliza.

Assista ao vídeo e conheça mais sobre a história de Brenda Neiva:

Comentários

Últimas notícias