Alerta

Defesa Civil alerta sobre risco de quedas de barreiras no Cabo de Santo Agostinho

Defesa Civil do Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana do Recife (RMR), registrou nove ocorrências para colocar lonas e limpar barreiras no município

Luisa Farias
Luisa Farias
Publicado em 13/05/2021 às 17:19
Notícia
Mariangela Viana/Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho
A Defesa Civil está dividida em três equipes operacionais para colocar lonas e limpar as barreiras do município, em atendimento a nove ocorrências com essas demandas - FOTO: Mariangela Viana/Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho
Leitura:

A Prefeitura Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana do Recife (RMR), está em sinal de alerta para o volume das chuvas que vem atingindo o município desde a madrugada desta quinta-feira (13). 

A Defesa Civil do Cabo alerta sobre o risco de deslizamento de barreiras por conta das fortes chuvas. O órgão está dividido em três equipes operacionais para colocar lonas e limpar as barreiras do município, em atendimento a nove ocorrências com essas demandas. 

"A maioria das ocorrências diz respeito ao desmoronamento de barreiras. Desde o mês de janeiro, nós iniciamos a operação inverno, conseguindo mapear e cobrir grande parte das barreiras do nosso município, mesmo assim estaremos de prontidão para evitar maiores riscos”, explicou o gerente da Defesa Civil do Cabo, Felipe Lira. 

Mariangela Viana/Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho
Ação da Defesa Civil do Cabo de Santo Agostinho nesta quinta-feira (13) - Mariangela Viana/Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho
Mariangela Viana/Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho
A Defesa Civil está dividida em três equipes operacionais para colocar lonas e limpar as barreiras do município, em atendimento a nove ocorrências com essas demandas - Mariangela Viana/Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho
Mariangela Viana/Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho
Ação da Defesa Civil do Cabo de Santo Agostinho nesta quinta-feira (13) - Mariangela Viana/Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho

A Defesa Civil, em parceria com a Secretaria de Programas Sociais, realiza as vistorias para avaliar a condições das casas. Se for verificado que o local está em situação de risco, ele é interditado. Cabe a Secretaria de Programas Sociais fazer o trabalho de apoio às famílias desabrigadas. 

Recife

A Prefeitura do Recife publicou nas suas redes sociais dados sobre o acúmulo de chuva nesta quinta-feira (13). De acordo com a PCR, a capital pernambucana já acumula 1,38mm de chuva. O grande volume das chuvas somado ao pico de maré alta (2,2m) previsto para as 17h deve intensificar os pontos de alagamento no município. A gestão recomenda que a população evite circular em ruas e avenidas nesse horário. 

>> Prefeitura do Recife alerta sobre intensificação de alagamentos no pico da maré alta, às 17h

No caso dos recifenses que residem em áreas de risco, a Defesa Civil os orienta a procurar outro local seguro para se abrigar, além de acionar o órgão pelo número 0800.081.3400. Eles podem se dirigir aoAbrigo Emergencial da Travessa do Gusmão, no bairro de São José, área central da cidade. Até a tarde desta quinta (13), a Defesa Civil do Recife já havia recebido 175 chamadas.

Comentários

Últimas notícias