ABASTECIMENTO

Saiba onde faltou água da Compesa em Pernambuco por conta de problemas com as fortes chuvas

Precipitações afetaram os sistemas de distribuição da companhia, impedindo a manutenção do abastecimento

JC
JC
Publicado em 14/05/2021 às 22:39
Noticia
FILIPE JORDÃO/JC IMAGEM
Um novo esquema de distribuição com água 24 horas começa a valer - FOTO: FILIPE JORDÃO/JC IMAGEM
Leitura:

A chuva forte que caiu em Pernambuco entre a quinta-feira (13) e esta sexta-feira (14) impactou o fornecimento de água potável em municípios da Região Metropolitana do Recife e Zona da Mata do Estado. De acordo com a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), interrupções momentâneas e até mesmo paralisação do fornecimento precisaram ser feitas em funções de danificações nas redes de abastecimento e também risco de vazamentos em áreas de encostas. 

Nos municípios da Mata Sul, o monitoramento dos reservatórios e unidades de abastecimento foi reforçado. 

No município de Vitória de Santo Antão, as chuvas impactaram na operação de duas das três captações de água existentes no município: Águas Claras e Jussara, que estão paralisadas. Devido à falta de energia e dos danos causados nos equipamentos, foi necessário suspender o abastecimento de 60% da cidade. Os serviços de manutenção foram iniciados, segundo a Compesa, e a previsão para o restabelecimento das unidades era até as 18h desta sexta-feira (14).

No distrito de Santo Amaro, no município de Sirinhaém, o fornecimento de água foi suspenso, ontem (13), em virtude de problemas elétricos no sistema de energização, consequência também das fortes chuvas registradas na região. 

Já no município de São José da Coroa Grande, o abastecimento para a população foi suspenso ontem (13) em decorrência de problemas na estrutura da unidade, inundada pela água das chuvas intensas que atingiram a região. A Compesa está com equipes técnicas no local trabalhando para restabelecer o funcionamento da unidade e retomar o abastecimento.

No município de Primavera e no distrito de Frexeiras, em Escada, o abastecimento foi comprometido em função do acúmulo de matéria orgânica nas barragens que respondem pelo abastecimento das respectivas localidades.

A Companhia já iniciou as medidas necessárias para o retorno do abastecimento, que incluem limpezas e descargas dos componentes dos sistemas de captação e tratamento de água. Equipes técnicas estão trabalhando para o breve retorno das operações.

Região Metropolitana 

No Recife, a Compesa precisou paralisar, desde ontem (13), o abastecimento de água em bairros da Zona Norte da cidade. Os bairros de Água Fria, Alto José Bonifácio, Alto Santa Terezinha, Alto José do Pinho, Apipucos, Beberibe, Bomba do Hemetério, Brejo da Guabiraba, Casa Amarela, Córrego do Jenipapo, Dois Irmãos, Dois Unidos, Fundão, Linha do Tiro, Macaxeira, Mangabeira, Morro da Conceição, Nova Descoberta, Porto da Madeira e Vasco da Gama tiveram o abastecimento comprometido. 

Já no município de Jaboatão dos Guararapes, as áreas afetadas foram Curado I, IV e V, Cavaleiro, São Sebastião e Pacheco. 

No Cabo de Santo Agostinho, Charneca e Novo Horizonte tiveram o abastecimento afetado. Em Olinda, os altos do Cajueiro e da Bondade tiveram o abastecimento interrompido preventivamente. 

A Compesa diz que segue monitorando as áreas e a distribuição de água vem sendo retomada após a conclusão das intervenções e de acordo com o calendário.

Comentários

Últimas notícias