FLEXIBLIZAÇÕES

Praias, bares, competições esportivas e mais: saiba o que está permitido em Pernambuco neste fim de semana

Este será o primeiro fim de semana com a unificação do horário de funcionamento das atividades econômicas e sociais no Estado

Marcelo Aprígio
Marcelo Aprígio
Publicado em 30/07/2021 às 8:22
Notícia
TIÃO SIQUEIRA/JC IMAGEM
Praia de Boa Viagem, no Recife - FOTO: TIÃO SIQUEIRA/JC IMAGEM
Leitura:

Atualizado às 21h47

No primeiro fim de semana com a unificação do horário de funcionamento das atividades econômicas e sociais em Pernambuco, estabelecimentos localizados no interior do Estado podem abrir e fechar as portas na mesma hora da Macrorregião I, que compreende o Grande Recife, Zona da Mata e parte do Agreste. O decreto que oficializou a nova fase do Plano de Convivência foi publicado no último sábado (24) no Diário Oficial.

Segundo o documento assinado pelo governador Paulo Câmara (PSB), também está liberada a retomada da presença de até 100 pessoas nas torcidas em competições esportivas, com exceção dos jogos de futebol profissional.

Com a unificação do horário de início e de término das atividades, neste final de semana, os bares e restaurantes tem autorização funcionar, em todo o estado, das 5h às 23h. Além disso, os shoppings poderão funcionar das 9h às 22h em todos os municípios pernambucanos.

"Tudo isso graças ao avanço dos números da saúde, que permitiram que a gente pudesse tratar todo o Estado da mesma forma", afirmou a secretária executiva de Desenvolvimento Econômico, Ana Paula Vilaça, durante a coletiva na qual as novas regras foram anunciadas, na quinta-feira (22).

Sobre a retomada da presença das torcidas em competições esportivas, a secretária explicou que, além da liberação de torcidas com até 100 pessoas nas arquibancadas, as atividades esportivas poderão funcionar até 23h todos os dias da semana. "A exceção é de jogos de futebol profissional, cujo protocolo está sendo construído", pontuou Vilaça.

Apesar da decisão do Executivo estadual, Ana Paula Vilaça reforçou que a população deve continuar seguindo todos os protocolos sanitários exigidos para evitar a proliferação do coronavírus, pois caso o número de casos volte a subir, o plano de convivência pode ser novamente endurecido.

"A gente repete o mantra do cuidado, da vacinação, da importância de tomar a primeira dose da vacina e, para aqueles que já estiverem aptos, tomar a segunda dose, pois só assim nós continuaremos avançando no controle da pandemia", declarou.

Como ficam as atividades em PE

  • Academias: Das 05h às 22h nos finais de semana e feriados.
  • Serviços de alimentação, como bares e restaurantes: Das 05h às 23h qualquer dia da semana, inclusive os estabelecimentos localizados em shoppings centers; fica permitida ainda a apresentação musical com até três integrantes, com quaisquer instrumentos musicais, incluindo o cantor ou DJ;
  • Comércio Varejista de bairro: Das 9h às 19h nos finais de semana e feriados.
  • Comércio Varejista de Centro: Das 9h às 19h nos finais de semana e feriados.
  • Praia/Comércio de praia/ Ciclofaixas e calçadões: Regulamentação e fiscalização por cada município.
  • Atividades esportivas: liberada a retomada da presença de até 100 pessoas nas torcidas em competições esportivas, com exceção dos jogos de futebol profissional. Podem ocorrer até às 23h.

Novas regras a partir de segunda

O Governo de Pernambuco publicou, nesta sexta-feira (30), o decreto que oficializa mais um avanço de fase do Plano de Convivência com a Covid-19 no Estado. As novas flexibilizações adotadas nas atividades econômicas e sociais foram anunciadas na quarta-feira (28) em coletiva de imprensa online realizada no Palácio do Campo das Princesas, na área central do Recife. 

Com o decreto assinado pelo governador Paulo Câmara (PSB) publicado, a partir da próxima segunda-feira (2), estabelecimentos de todas as regiões do Estado poderão alcançar um novo patamar de flexibilizações, graças à queda dos indicadores epidemiológicos e assistenciais, como o registro, nessa quinta (29), da menor média móvel de casos de covid-19 desde novembro de 2020 pelo 2º dia consecutivo. 

Com as novas regras, bares, restaurantes e demais serviços de alimentação vão poder funcionar das 5h até meia-noite, todos os dias da semana. As atividades esportivas coletivas e individuais e os clubes sociais também seguirão esse novo limite de horário. Já os eventos corporativos, que continuam com permissão de funcionamento até às 23h, poderão ser realizados para um público de até 200 pessoas ou 50% da capacidade do local, o que for menor.

Segundo a secretária-executiva de Desenvolvimento Econômico, Ana Paula Vilaça, as colações de grau, aulas da saudade, cultos ecumênicos, cinemas, teatros e circos também poderão ampliar a capacidade para 300 pessoas, ou 50% do local, o que for menor. A gestora explicou ainda que cinemas e teatros, especificamente, poderão funcionar até a meia-noite, durante todos os dias, a partir da próxima semana.

Comportamento preventivo

Durante a coletiva, Ana Paula aproveitou para pedir mais conscientização da sociedade, neste momento de flexibilizações das atividades econômicas, e respeito dos frequentadores aos protocolos de saúde. "Por conta de relatos sobre casos de desrespeito aos protocolos nos bares e restaurantes, principalmente após a liberação da música ao vivo, faço um pedido para que todos se conscientizem, pois ainda não vencemos a guerra e os números da pandemia podem voltar a piorar", afirmou a secretária-executiva, reforçando que, apesar das medidas de flexibilização, os cuidados devem ser mantidos.

O secretário de Saúde, André Longo, complementou o aviso sobre a necessidade de a sociedade não deixar de lado um comportamento preventivo. "Apesar de estarmos dando passos à frente, os indicadores positivos ainda não nos permitem abdicar do cuidado. Esses indicadores são frutos de um esforço muito grande de toda a sociedade, que não podemos colocar em risco. Por isso, o uso correto da máscara, o distanciamento físico e os protocolos setoriais são o caminho para continuarmos avançando rumo a uma normalidade possível", disse.

Imunização

Sobre a vacinação, foi feito um chamado à população sobre a importância de finalização do esquema vacinal contra a covid-19. "Com a primeira dose, nosso sistema de defesa começa a produzir os anticorpos, mas é na segunda dose que a resposta imunológica acontece de forma mais intensa, aumentando a eficácia e a tornando mais duradoura. Assim, as pessoas que não completam o esquema vacinal correm maior risco de contágio e, principalmente, de agravamento do quadro", ressaltou Longo.

Nos últimos dois dias, Pernambuco recebeu a maior remessa de imunizantes em uma única semana. Do total de 506.470 doses, cerca de 73% (mais de 369 mil) são destinadas exclusivamente para as segundas aplicações.

Veja as novas regras

Academias

50% da utilização dos aparelhos de cardio
Horário das 5h às 23h nos dias de semana e das 5h às 22h nos finais de semana e feriados

Atividades esportivas coletivas e individuais

Horário até a meia-noite
100 pessoas ou 50% da capacidade do local, o que for menor
Jogos de futebol profissional em estádios - sem público

Bares, restaurantes, lanchonetes e lojas de conveniência

50% da capacidade do local
Horário até a meia-noite
Música ao vivo, com restrição de até três músicos e sem dancing

Shoppings centers e galerias comerciais

1 cliente a cada 5m² para área interna das lojas e 1 cliente a cada 10m² nas áreas de circulação
Horário até 22h todos os dias

Bares e restaurantes dos shoppings podem funcionar até a meia-noite

Clubes sociais

Horário até a meia-noite

Proibido saunas

Colação de grau, aula da saudade e culto ecumênico

300 pessoas ou 50% da capacidade do local, o que for menor
Horário até a meia-noite
Proibido alimentos, bebidas e música ao vivo

Cinema, teatro e circo

300 pessoas ou 50% da capacidade do local, o que for menor
Horário até a meia-noite

Museus e demais equipamentos culturais

1 visitante a cada 20m² nas áreas expositivas internas e 1 visitante a cada 10m² nas áreas expositivas externas
Horário de 9h às 22h todos os dias

Eventos corporativos

200 pessoas ou 50% da capacidade do local, o que for menor
Proibido música ao vivo
Horário até as 23h todos os dias

Eventos culturais

Permanecem vedados

Balanço da vacinação

Pernambuco já aplicou 5.858.248 doses de vacinas contra a covid19 na sua população, desde o início da campanha de imunização no Estado. Desse total, 1.621.104 pernambucanos completaram seus esquemas vacinais, sendo 1.454.804 pessoas que foram vacinadas com imunizantes aplicados em duas doses e outros 166.300 pernambucanos que foram contemplados com vacina aplicada em dose única.

Em relação às primeiras doses, foram 4.237.144 aplicações. Ao todo, foram feitas a primeira dose em 318.331 trabalhadores de saúde; 26.073 povos indígenas aldeados; 44.219 em comunidades quilombolas; 7.700 idosos em Instituições de Longa Permanência; 677.602 idosos de 60 a 69 anos; 603.168 idosos de 70 e mais; 2.463 pessoas com deficiência institucionalizadas; 418.739 pessoas com comorbidades; 34.100 pessoas com deficiência permanente; 66.451 gestantes e puérperas; 397.139 trabalhadores de serviços essenciais; 1.935 pessoas em situação de rua; 30.946 pessoas privadas de liberdade, além de 1.608.278 pessoas de 18 a 59 anos.

Em relação às segundas doses, já foram beneficiados 248.817 trabalhadores de saúde; 25.804 povos indígenas aldeados; 35.467 em comunidades quilombolas; 5.943 idosos institucionalizados; 511.413 idosos de 60 a 69 anos; 514.508 idosos de 70 anos e mais; 1.191 pessoas com deficiência institucionalizadas; 73.123 pessoas com comorbidades; 2.496 pessoas com deficiência permanente; 8.353 trabalhadores de serviços essenciais; 27.689 pessoas privadas de liberdade, totalizando 1.454.804 pernambucanos.

Em relação à dose única, foram beneficiadas 2.076 idosos de 60 a 69 anos; 499 idosos de 70
anos e mais; 2.502 pessoas com comorbidades; 326 pessoas com deficiência permanente;
12.184 trabalhadores de serviços essenciais; 932 pessoas em situação de rua, além de 147.781
pessoas de 18 a 59 anos

Comentários

Últimas notícias