energia

Volume recuperado de energia furtada daria para abastecer população de Olinda e Caruaru

A Celpe informou que recuperou volume recorde de 125 milhões de kWh, 60% superior ao resultado do mesmo período de 2020

JC
JC
Publicado em 30/07/2021 às 20:26
Notícia
DIVULGAÇÃO
Segundo a Celpe, de janeiro a junho foram feitas mais de 78 mil inspeções - FOTO: DIVULGAÇÃO
Leitura:

O combate ao furto de energia no primeiro semestre de 2021 alcançou um resultado recorde, de acordo com a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe). A distribuidora recuperou, nos seis primeiros meses deste ano, 125 milhões de KWh de energia elétrica. Segundo a companhia, o total é o suficiente para abastecer cerca de 830 mil habitantes por um mês, o que significa uma população superior as de Olinda e Caruaru juntas. A quantidade de energia recuperada neste primeiro semestre é 60% superior ao do mesmo período do ano passado.

Para chegar a essa recuperação, a Celpe diz que foram realizadas diversas ações de prevenção e combate aos desvios de energia, como regularização de clientes clandestinos, fiscalização e substituição de medidores, além do uso de tecnologia para evitar fraudes. Apenas esses 47 milhões de kWh a mais seria suficiente para atender 312 mil clientes, o mesmo que a cidade de Petrolina por 30 dias. A Celpe realizou, de janeiro a junho, mais de 78 mil inspeções. Além disso, foram substituídos 66 mil medidores obsoletos ou com defeito. 

“Nunca recuperamos tanta energia quanto no primeiro semestre deste ano. O montante recorde é resultado de ações de inteligência, associadas a operações estratégicas de campo. A intenção é mantermos o ritmo de atuação nos próximos meses e reforçar a ideia de que o furto de energia não compensa. Uma hora essa conta chega para quem comete esse tipo de irregularidade”, explicou Gustavo Santos, gerente de Recuperação de Energia da Companhia.

Na Celpe, foram regularizados mais de 20 mil clientes clandestinos, aqueles que não têm medidores de energia instalados e, portanto, estão irregulares. Essa iniciativa resultou na incorporação de 4,3 milhões kWh de energia no mercado. A ligação é feita de forma gratuita e os clientes que se encontram irregulares podem fazer a solicitação de regularização diretamente à concessionária. Instalações regulares são mais seguras e garantem um fornecimento mais confiável.

Denúncia

Furto de energia é crime sujeito às penalidades do artigo 155 do Código Penal Brasileiro. Além de acarretar prejuízos à população, a prática representa riscos de acidentes graves. Em caso de denúncias, os clientes podem entrar em contato pelos canais de atendimento da concessionária, sem a necessidade de identificação. As denúncias de fraude podem ser feitas de forma anônima no site da distribuidora, na parte de "Canais de Atendimento", clicando em "Denúncia de Irregularidade".


Comentários

Últimas notícias