Eleições 2022

Bolsonaro diz que Gilson Machado, ministro do Turismo, "talvez" dispute o Senado em Pernambuco

Nesta terça-feira (27), o ministro do Turismo negou qualquer iniciativa para se candidatar a algum cargo eletivo nas eleições de 2022

Mirella Araújo
Mirella Araújo
Publicado em 27/07/2021 às 20:23
Notícia
DIVULGAÇÃO
No fim de junho, Machado, que é do Recife, ganhou destaque depois de tocar "Ave Maria" na sanfona durante uma transmissão ao vivo do presidente - FOTO: DIVULGAÇÃO
Leitura:

Com 27 trocas de ministros em dois anos e meio de governo, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) não poupou elogios ao seu primeiro escalão, revelando que já conversou abertamente sobre a possibilidade de algum deles vir a sair candidato nas eleições de 2022. “Eles sabem muito bem, eles têm chance de vitória se eu estiver bem. Então, o presidente tem que estar bem com o trabalho dos ministros para eles terem chances”, afirmou.

De acordo com o presidente, dois ministros podem se lançar candidatos, entre eles o ministro do Turismo, Gilson Machado. O ministro pernambucano poderia disputar uma vaga ao Senado. “Não acredito [que ele seja candidato a governador] até porque no Nordeste, é muito difícil você construir uma candidatura pro Executivo sem ter apoio de lideranças locais. Agora, o Gilson, talvez ao Senado. Não posso garantir porque não tenho conversado com ele sobre política”, declarou.

Nesta terça-feira (27), o ministro do Turismo negou qualquer iniciativa para se candidatar a algum cargo eletivo nas eleições de 2022. Em entrevista ao programa Passando a Limpo, da Rádio Jornal, Gilson disse considerar "leviano" qualquer pessoa se beneficiar do cargo que ocupa tendo com o objetivo de lançar alguma candidatura.

Em junho, ele havia se reunido, no Recife, com a presidente da Comissão de a presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados, Bia Kicis (PSL-DF), o presidente do PTB em Pernambuco, Coronel Meira e o vice-líder da oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), Alberto Feitosa (PSC), para tratar sobre a política local. O nome de Gilson Machado teria sido definido como pré-candidato a uma vaga no Senado Federal.

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, também foi lembrado como um nome forte para concorrer ao pleito, mas ocupando a cabeça da chapa majoritária pelo governo de Goiás. “Tarcísio Freitas é um bom nome, sabe muito bem o que está fazendo. É uma pessoa que cursou junto comigo na Academia Militar das Agulhas Negras, depois fez estudo militar em Engenharia, depois prestou concurso para Câmara, foi o segundo aprovado. Já integrou o DNIT e está fazendo um brilhante trabalho na Infraestrutura", pontuou o presidente. 

"Todo mundo quer o Tarcísio ao seu lado, mas depende dele.Ele é uma pessoa bem sucedida e se assumir o cargo no Executivo , vai dar um show no seu respectivo estado”, afirmou Bolsonaro, em entrevista ao programa Frente a Frente, da Rede Nordeste de Rádio, nesta terça-feira (27).

Comentários

Últimas notícias