RAMAL DO AGRESTE

Bolsonaro em Pernambuco: expectativa, agenda e tudo o que você precisa saber sobre a visita presidencial nesta quinta (21)

Na última vez que Bolsonaro veio a Pernambuco, em setembro de 2021, ele participou de eventos com apoiadores, empresários e militares

Marcelo Aprígio
Marcelo Aprígio
Publicado em 21/10/2021 às 8:22
Notícia
ALAN SANTOS/PR
OBRAS HÍDRICAS Visita integra um ciclo de nove viagens ao Nordeste, e MG, para divulgar a "Jornada das Águas" - FOTO: ALAN SANTOS/PR
Leitura:

Em périplo pelo Nordeste, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) desembarca mais uma vez em terras pernambucanas nesta quinta-feira (21). O mandatário chega ao Estado para inaugurar mais um trecho do Ramal do Agreste, em Sertânia, no Sertão de Pernambuco.

No começo da manhã desta quinta, o município ainda tinha movimentação abaixo do habitual em visitas presidenciais. Segundo a repórter Nayara Vila Nova, da TV Jornal Interior, o evento de inauguração será realizado em uma área fora da cidade, que tem um acesso difícil, o que pode influenciar na movimentação. Além disso, a cerimônia não será aberta ao público.

O Ramal do Agreste vai levar a água para a Adutora do Agreste, que vai distribuir a água do São Francisco para 23 municípios na primeira etapa, que está em obras desde 2013.

A obra está sendo executada pelo Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) com investimento de R$ 1,67 bilhão. Quando pronto, o Ramal terá 70,8 km de extensão e capacidade de vazão de 8 mil litros de água por segundo.

Já a primeira fase da Adutora do Agreste está sendo construída pela Compesa e teve suas obras paralisadas várias vezes devido à falta de repasse de recursos do governo federal, segundo a administração estadual. O MDR, porém, afirma que Pernambuco não investiu dinheiro para fazer a ligação. A primeira etapa da Adutora só será concluída em 2022, caso o governo federal repasse R$ 200 milhões para a conclusão das obras.

Na manhã desta quinta-feira (21), o presidente foi ao Twitter para falar sobre a expectativa da visita a Pernambuco.

Além disso, o Governo Federal também vai inaugurar na Barragem de Campos a captação definitiva do Ramal de Sertânia, estrutura da Adutora do Pajeú, que pode beneficiar os 35 mil habitantes da cidade sertaneja. 

A visita presidencial faz parte de um ciclo de nove viagens ao Nordeste e Minas Gerais, para divulgar a Jornada das Águas. No mesmo dia, o mandatário também cumpre agenda na Paraíba, onde fará também uma visita às obras do Ramal do Apodi.

O ramal do Apodi levará água do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco a 54 municípios dos estados do Rio Grande do Norte, da Paraíba e do Ceará. A obra beneficiará 32 cidades no Rio Grande do Norte, 13 na Paraíba e nove no Ceará.

Motociata no Agreste

Na última vez que Bolsonaro veio a Pernambuco, em setembro de 2021, ele participou de eventos sociais e militares no Recife. Na cidade, ele visitou o Quartel do Cabanga, onde conheceu a sede da Orquestra Criança Cidadã e assistiu a uma apresentação musical. 

O gestor participou da cerimônia de Passagem de Cargo do Novo Comandante Militar do Nordeste, do General Marco Antônio Freire Gomes para o General Richard Fernandez Nunes. Na capital pernambucana, o presidente também se reuniu com empresários para ouvir as demandas do segmento.

Além disso, o chefe do Poder Executivo nacional marcou presença em uma motociata realizada no Agreste do Estado, que reuniu milhares de pessoas.

Comentários

Últimas notícias