CRIMINOSO

Por onde anda Guilherme de Pádua, assassino da atriz Daniela Perez, 29 anos depois

Ator foi condenado a 19 anos de prisão, mas hoje está solto e se casou novamente

Mirella Martins
Mirella Martins
Publicado em 28/12/2021 às 11:16
guihermedepadua FOTO:
Leitura:

Se tem uma data que a novelista Gloria Perez gostaria de retirar do calendário será o dia 28 de dezembro de 1992, quando ela teve sua filha, Daniella Perez, brutalmente assassinada por um colega de elenco, Guilherme de Pádua. Na época, os dois contracenavam na novela Corpo e Alma, feita pela escritora. 

Todos os anos, Perez presta uma homenagem a filha. Em 2021, não foi diferente. Nesta terça-feira (28), a autora de novelas publicou, logo pela manhã, um longo texto sobre a perda da herdeira. "O tempo não ameniza nada. Nem a dor, nem a revolta pela impunidade dos assassinos. Sim, psicopatas não são figuras da ficção, eles estão entre nós. E ganância mata", escreveu. 

O ex-ator foi condenado a mais de 19 anos, ficou encarcerado por seis meses na cadeia. Atualmente, ele é pastor evangélico e possuía um canal no Youtube para fazer pregações, mas que apagou recentemente. Em março de 2017, ele casou-se pela terceira vez, em Belo Horizonte, com a maquiadora Juliana Lacerda, de 30 anos.

Veja vídeo onde ele fala detalhes do assassinato

Série sobre true crime

Em 2021, foi anunciado que o caso de Daniella Perez irá ganhar uma série documental produzida pela HBO Max. Ao todo, serão cinco episódios sobre a vida e a tragédia envolvendo a atriz, que conta com depoimentos de sua mãe, outros familiares, amigos e envolvidos no caso.

Com o anúncio da produção, Guilherme de Pádua apagou seus perfis nas redes sociais e também o seu canal no Youtube.

Relembre o crime

Atuando juntos na novela, Guilherme de Pádua acreditava que estava sendo prejudicado na produção por influência de Daniella. Ele teria se incomodado com a redução de seu tempo nas telinhas, e pensou queo seu par romântico na trama havia contribuído, de alguma forma, para isso.

Assim, Guilherme de Pádua e a então companheira, Paula Thomaz, sequestraram a atriz e a apunhalaram até a morte. O corpo de Daniella Perez foi encontrado em um matagal próximo aos estúdios da TV Globo, no Rio de Janeiro.

Siga o Social1 no Instagram, Facebook, Twitter e TikTok.

Últimas notícias