SE RECUPERANDO

Sertanejo Thiago Costa recebe alta da UTI

Cantor sofreu fratura exposta na perna e fraturou o antebraço após a moto aquática em que estava ser atingida por uma lancha

Gabriela Andrade
Gabriela Andrade
Publicado em 19/11/2021 às 9:50 | Atualizado em 03/12/2021 às 18:20
Reprodução/Instagram
Cantor paraense Thiago Costa sofreu acidente aquático - FOTO: Reprodução/Instagram
Leitura:

Thiago Costa recebeu alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), uma semana após sofrer um acidente. Segundo o G1, a assessoria informou que o músico foi para um quarto do Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência em Ananindeua, região metropolitana de Belém na quinta-feira (18) e está acompanhando da esposa.

O cantor passou pela primeira cirurgia há uma semana e desde então estava na UTI, consciente, com quadro de saúde estável. Na quarta (17), ele precisou passar por uma cirurgia no braço e na quinta (18) pela manhã já respirava sem ajuda de oxigênio.

 

Durante a internação, houve mobilização de amigos, familiares e fãs para doar sangue do tipo A+ a Thiago Costa e para repor o estoque do Centro Hemoterapia e Hematologia do Pará (Hemopa). "Ele ficou feliz e emocionado com tantas doações de sangue", informou a assessoria.

Acidente 

O acidente entre a moto aquática e a lancha ocorreu no Furo Maquari, uma área de rio em Belém, na quinta-feira (11) de novembro. Na moto estavam Thiago Costa e outra pessoa, que também foi socorrida pelos bombeiros após sofrer ferimentos. Um inquérito foi instaurado pela Marinha, através da Capitania dos Portos da Amazônia Oriental (CPAOR), e tem até 90 dias para ser concluído.

A Capitania dos Portos porém, não informou que conduzia o veículo, quantas pessoas havia na lancha, se os condutores possuíam habilitação, nem detalhes sobre as investigações. 

Thiago é natural da cidade de Mãe do Rio, nordeste do Pará, e por conta do acidente sua agenda de shows, com mais de 15 apresentações previstas só em novembro, foi cancelada. Entre seus maiores sucessos está a música ''JBL no paredão'.

Siga o Social1 no Instagram, Facebook, Twitter e TikTok.

Comentários

Últimas notícias