POLÊMICO

Marcos Uchôa, ex-repórter da Globo, diz que decisão de Jair Bolsonaro influenciou nas demissões da emissora; entenda

O jornalista pediu demissão da Globo após 34 anos

Rayane Domingos
Rayane Domingos
Publicado em 25/05/2022 às 9:04
Reprodução/Youtube
Marcos Uchôa afirmou que decisão de Bolsonaro influenciou nas demissões da Globo - FOTO: Reprodução/Youtube
Leitura:

Uma fala de Marcos Uchôa vem causando polêmica nas redes sociais. O ex-repórter esportivo da TV Globo afirmou que uma decisão do presidente Jair Bolsonaro influenciou diretamente nas demissões que a emissora vem fazendo.

Em entrevista ao podcast Inteligência LTDA, o jornalista confessou que o chefe do Executivo da emissora instaurou uma forma de contratação que foi prejudicial à Globo. Com isso, o corte dos grandes salários precisou ser colocado em prática nos últimos anos.

"Eu não tinha mais contrato. Foi uma das coisas que o Bolsonaro fez… Antes, pessoas que tinham um salário melhor na Globo ganhavam como pessoa jurídica", iniciou.

Marcos contou ainda que até Faustão e Galvão Bueno tiveram que se tornar funcionários da Globo: "No primeiro ano de governo, ele já foi em cima em termos trabalhistas, dizendo que isso não podia ser assim, e todo mundo passou a voltar a ser funcionário. Até o Galvão, até o Faustão".

Globo está passando por crise financeira

Ele conta ainda que a Globo vem passando por uma grave crise financeira, e que isso pode afetar ainda mais nos cortes de gastos que a emissora vem impondo.

"A Globo está sofrendo, como muitos meios de comunicação, com a saída do dinheiro das mídias tradicionais e a entrada do dinheiro na internet. Por exemplo, o teu programa é um adversário, um concorrente que anos atrás não existia", finalizou.

Comentários

Últimas notícias